Por conta do Supermercado Savegnago, Via da Saudade terá novidades

167

Divulgação

Em reunião realizada na tarde da sexta-feira (6) no gabinete do prefeito Du Altimari, diretores do supermercado Savegnago confirmaram que a Via da Saudade, uma das mais tradicionais e movimentadas de Rio Claro, ganhará paisagismo e nova iluminação. “É um presente que estamos dando para a cidade, que há muito tempo tínhamos vontade de atender, e agora estamos concretizando este projeto com a implantação de nossa loja de número 34”, afirmou Murilo Pais Savegnago, gerente de marketing da empresa.

Os serviços de iluminação devem ser iniciados na próxima semana e consistirão na instalação de 87 luminárias ao longo da Via da Saudade, que vai da Rua 8 até a Rua 16. “Vamos utilizar lâmpadas de led e de vapor metálico, com design diferenciado”, informou André Neves, diretor da Soneres, empresa que implantará o projeto. Em relação ao paisagismo, a arquiteta Raquel Padula Platinetti, da Semearte, explicou que todas as árvores serão mantidas e utilizadas plantas rasteiras que resistam ao sombreamento. “Nas esquinas deveremos colocar flores”, informou a arquiteta.

SUPERMERCADO SAVEGNAGO

A loja do supermercado Savegnago está sendo construída em terreno de 9.400 m² na Via da Saudade com ruas 13 e 14 e terá 12.400 m² de área construída, com investimentos da ordem de R$ 25 milhões. A previsão é de que sejam gerados 260 empregos diretos. O prédio terá estacionamento para 250 veículos e 32 lojas satélites para salão de cabeleireiro, ótica, lotérica e outros serviços.

“Um empreendimento deste porte confirma o potencial econômico da cidade, que apresenta números que a colocam entre os destaques do Brasil”, comentou o prefeito Du Altimari.

Da reunião também participaram os secretários Marcos Pisconti Machado (de Governo) e Sérgio Guilherme (de Manutenção e Paisagismo), e diretor municipal Cláudio Francisco da Silva.

1 COMENTÁRIO

  1. É sempre bem vindo qualquer investimento na cidade principalmente como este. Para atrair estes estabelecimentos comerciais precisamos atrair também indústrias que não precisam necessariamente serem grandes, porque pequenas em grande números criam uma economia mais sólida e diversificada, já uma indústria grande quando fecha cria um impacto grande. Sem sombra de dúvida a cidade é acolhedora, bem localizada e atrativa. Apesar da crise imposta por esse governo federal peçamos a Deus que ilumine as cabeças de nossos governantes para que não tornem nossas vidas piores ainda, ofereçam oportunidade de trabalho e não nos queiram de joelhos recebendo uma bolsa família.

Qual sua opinião? Deixe um comentário: