Polícia Civil confirma latrocínio em Rio Claro

100

Carine Corrêa

Paulo Sérgio da Silva, 28 anos, foi o autor dos disparos
Paulo Sérgio da Silva, 28 anos, foi o autor dos disparos

De acordo com informações da Polícia Civil, o caso envolvendo a morte de Edelzio Bispo de Moraes, de 60 anos, na noite de ontem (6) foi configurado como latrocínio, ou seja, roubo seguido de morte. 
“O preso foi autuado em flagrante. O caso será investigado e em um prazo de 10 dias o inquérito estará nas mãos do promotor”, diz o Delegado Marcos Fuentes.

Edelzio era proprietário de um bar situado na Avenida 7, com a Rua 9, no Jardim das Palmeiras. A vítima foi alvejada com dois tiros no tórax, não resistiu aos ferimentos e faleceu às 22h50 na Santa Casa. O corpo será velado às 17h no Cemitério Parque das Palmeiras.

Paulo Sérgio da Silva, 28 anos, foi o autor dos disparos. O criminoso estava no bar, jogando em uma máquina de caça-níquel quando teria anunciado o assalto.

Mais informações na edição impressa de amanhã (8), nas páginas do JC.

DEIXE UMA RESPOSTA