Penapolense vira e Rio Claro amarga a terceira derrota na A-2

307

Depois da derrota por 2 a 1 para o Sertãozinho na última rodada, o Rio Claro entrou em campo como um verdadeiro rolo compressor em cima do Penapolense. Na estreia no Schmidtão, que agora está liberado pela Federação Paulista de Futebol, o Galo Azul apresentou qualidade técnica no primeiro tempo. Foram duas bolas na trave com Cadu e Franco. Já Gustavo Sapeka não perdoou. Depois de receber um ótimo passe de Rafael Sayão, ele encheu o pé para abrir o placar. O visitante sentiu o gol e encontrou dificuldades para driblar a marcação do Rio Claro que por sua vez teve inúmeras chances de ampliar o placar mas o primeiro tempo terminou apenas 1 a 0.

Etapa complementar

O Rio Claro voltou com a mesma formação para o segundo tempo e nos primeiros minutos continuou levando perigo ao gol do Penapolense, mas foi só nos primeiros minutos. O visitante resolveu ir em busca do gol de empate e ele veio. Aos 26 minutos, em um ataque rápido pelo lado esquerdo Leandro Love deixou tudo igual no placar: 1 a 1.

Apenas seis minutos depois uma outra jogada pela esquerda mudou o rumo da partida. Nilo recebeu e virou o jogo para o Penapolense.

Perdendo a partida, o técnico Fahel Junior fez alterações na tentativa de deixar o time mais ofensivo, mas o adversário se fechou em campo e com isso o Galo Azul amargou a terceira derrota na Série A-2, a segunda consecutiva.

Qual sua opinião? Deixe um comentário: