Parte de coluna do Mercado Municipal desaba

57

Adriel Arvolea

Restos do coroamento que cedeu de uma coluna da parede localizada na Avenida Visconde
Restos do coroamento que cedeu de uma coluna da parede localizada na Avenida Visconde

Na manhã dessa quinta-feira (13), os restos do coroamento – capitel/parte superior – que cedeu de uma coluna do Mercado Municipal há 20 dias, ainda, encontravam-se em via pública. O material estava em frente a dois contêineres de coleta domiciliar dispostos nas vagas de estacionamento da Rua 9. A parte danificada fica na Avenida Visconde, próximo à entrada da referida rua.

No original, o coroamento tem forma de U e remete à arquitetura do século XIX, época em que foi construído o prédio que já serviu de base para quartel do Exército. Segundo o pedestre João Carlos Bueno, os restos da coluna ficaram por dias sobre a pista de passeio, oferecendo riscos de queda. “Passo todo dia no local e a parte que ruiu e caiu na calçada ficou ali por um certo tempo. Um pedestre mais desatento poderia até sofrer uma queda”, observa Bueno.

Em sua avaliação, o prédio precisa de reparos. “Na parte em que o coroamento cedeu há trincas e rachaduras. Agora, é importante investigar as causas que levaram à queda, primando pela segurança dos comerciantes, frequentadores e pedestres”, comenta.

Prefeitura

Segundo a prefeitura, atualmente, a Secretaria de Desenvolvimento Econômico e Relações do Trabalho, responsável por aquele próprio público, está realizando a substituição de toda a rede elétrica interna, abrangendo todos os boxes do Mercado Municipal. A secretaria também está providenciando os reparos no capitel que ruiu e num outro que apresenta trincas.

A administração ainda informou que a manutenção no “Mercadão” tem sido feita regularmente.

Desde 2009, a prefeitura já realizou os seguintes serviços no local: instalação e substituição de extintores de incêndio; troca da entrada principal da rede elétrica e das entradas individuais de todos os boxes; reparos nas paredes externas, nas áreas onde havia reboco solto, nas torres superiores e telhado; reparos em todos os pilares de madeira internos, inclusive com reforços e colocação de sapatas nas bases; substituição das calhas e condutores de água; pintura interna e externa do prédio, etc.

DEIXE UMA RESPOSTA