Ópera do Malandro entra em cartaz

51

Da Redação

A Cia. Tempero D’Alma de Artes Cênicas apresenta ao público o espetáculo musical Ópera do Malandro, de Chico Buarque
A Cia. Tempero D’Alma de Artes Cênicas apresenta ao público o espetáculo musical Ópera do Malandro, de Chico Buarque

A Cia. Tempero D’Alma e Artes Cênicas apresenta, a partir desta quinta-feira, o espetáculo musical Ópera do Malandro, de Chico Buarque. Com direção geral de Cláudio Lopes, o espetáculo poderá ser visto nos dias 26, 27, 28 e 29 de junho, às 20h, no teatro do Centro Cultural “Roberto Palmari”. Ingressos custam R$ 20,00 entrada inteira e R$ 10,00 meia-entrada. A compra dos convites pode ser feita diretamente com os integrantes da Cia. ou no Centro Cultural, que fica na Rua 2, nº 2.880, Vila Operária.

Ambientada em um bordel, ela conta a história de um malandro carioca tentando sobreviver nos anos 40, final da ditadura de Getúlio Vargas – clima bem parecido com o de 1978. Como espetáculo musical, que é, a trama gira em torno de Max, ídolo dos bordeis. A temática, como não poderia deixar de ser, retrata a malandragem brasileira no submundo da cidade do Rio de Janeiro.

O cenário é a Lapa das prostitutas e da pancadaria; o período – a década de 40 – com a Guerra assolando o mundo e mandando seus ecos para o Brasil. A Ópera do Malandro põe em cena a rivalidade entre o contrabandista Max Overseas e Fernandes de Duran, o dono dos prostíbulos da Lapa. Bem no meio da briga está Terezinha, a filha única de Duran e de Vitória, que se casa com Max.

DEIXE UMA RESPOSTA