ONG apresenta projeto sobre animais silvestres para RC

230

Lucas Calore

O município de Rio Claro, com sua unidade de conservação florestal (Feena) e localização estratégica em meio a diversas rodovias, poderá ter um Centro de Reabilitação de Animais Silvestres. Este é o projeto que a Associação Mata Ciliar, de Jundiaí, apresentou para o poder público local.

O projeto

A ideia conta com o apoio da Promotoria de Meio Ambiente do Ministério Público: “O projeto é ótimo, tanto pelo bioma da cidade quanto por sua localidade. Se houver esse núcleo no município, a chance dos animais sobreviverem é maior. Sou totalmente favorável”, opina o promotor da pasta, Dr. Gilberto Porto Camargo.

De acordo com a Associação, atualmente a entidade recebe uma média de 15 animais silvestres por dia entre mamíferos, répteis e aves. O que tem chamado à atenção da Mata Ciliar é a quantidade de onças-pardas: somente em 2016, 12 delas foram levadas para resgate, sendo a maioria do interior paulista.

Segundo a entidade, o resgate a esses animais deve ser o mais rápido possível, pois os mesmos acabam sofrendo estresse, o que pode prejudicar sua saúde. Há 15 anos que a Associação recebe animais vítimas de atropelamentos, eletrocutados, tráfico, queimadas e caça. No local, os bichos são atendidos por médico veterinário para que estejam aptos a voltar à natureza para suas funções ecológicas.

Prefeitura

Em nota, a Prefeitura Municipal diz aguardar novas informações sobre a proposta de parceria para decidir sobre sua participação. A Secretaria Municipal de Meio Ambiente ressalta que o município apoiará em tudo o que for possível a implantação da ONG em Rio Claro, pois entende que a medida traria grandes ganhos à fauna e à flora da cidade e região.

Qual sua opinião? Deixe um comentário: