Morte de coordenadora pedagógica de escola municipal de RC é investigada

18829

Será sepultada na tarde de hoje (24) no Cemitério Parque das Palmeiras o corpo de Gisele Brizotti Ferraz Ferreira de 41 anos. Ela trabalhava como coordenadora pedagógica na Escola Municipal Arlindo Ansanello na Rua 11 com a Avenida 32 no bairro Santana. A morte repentina e apenas dois dias depois de sentir alguns sintomas está sendo investigada.

Como aconteceu

Gisele teria sentido os primeiros sintomas no domingo (21) mas achou que não passava de um mal estar. Na segunda-feira (22) avisou que não iria trabalhar e que ia procurar uma unidade de saúde. Na mesma tarde comunicou que tinha tomado soro e que retornaria ao trabalho no dia seguinte. Ontem, terça-feira (23) pela manhã, Gisele não conseguia mais levantar da cama e foi levada mais uma vez para avaliação médica e foi encaminhada direto para a UTI onde veio a óbito horas depois.

O Jornal Cidade já fez contato com a assessoria de imprensa da Prefeitura de Rio Claro e encaminhou alguns questionamentos que foram repassados para a Vigilância Epidemiológica para saber se existe uma suspeita e como o caso está sendo tratado.

Qual sua opinião? Deixe um comentário: