Mesmo em ano difícil, ceia natalina deve seguir a tradição

66

Fabíola Cunha

Cervejas, vinhos, espumantes, chocolates, cestas e baús especiais, carnes nobres: estabelecimentos como este supermercado oferecem produtos para todos os gostos e bolsos em Rio Claro
Cervejas, vinhos, espumantes, chocolates, cestas e baús especiais, carnes nobres: estabelecimentos como este supermercado oferecem produtos para todos os gostos e bolsos em Rio Claro

Quando você acha que falta muito para o Natal, não falta. A data que reúne família e amigos para a ceia farta, os brindes e os presentes está a mais de um mês de distância, mas quem quiser pesquisar os preços de itens indispensáveis para a comemoração já pode começar. Augusto Pedro Prochnow, proprietário de um supermercado em Rio Claro, explica que a expectativa é de que o estabelecimento repita ou melhore a marca de vendas: “A gente espera com o Natal repetir o que aconteceu em outros anos, um crescimento de 20% nas vendas – claro que o melhor é aumentar essa margem”, explica.

Prochnow ressalta que este é um ano difícil, com um cenário que não é dos mais amigáveis para o comércio: “Estamos em um ano muito difícil, um ano político, temos também a estiagem prejudicando, então com certeza isso encarece os produtos. Porém, penso que, embora haja essa dificuldade, quando chega o Natal, o consumidor pode até comprar menos, mas sempre compra”, avalia.  Panetones diet, de sabores variados, além do tradicional, importados e nacional, já estão disponíveis nas prateleiras do supermercado.

Outra atração incorporada ao cardápio dos festejos de fim de ano do brasileira são as cervejas sofisticadas- Prochnow disponibiliza 200 rótulos diferentes da bebida em seu estabelecimento. Cestas e baús com itens alimentícios refinados também são opções para presentes natalinos.

Expectativas

Os supermercados esperam crescimento de 14,1% nas vendas de produtos típicos durante as festas deste fim de ano. Segundo a Associação Brasileira de Supermercados (Abras), apesar de indicar elevação, a taxa é inferior à previsão feita para as vendas do ano passado, quando se esperava alta de 14,9%. A cerveja é o item com previsão de maior crescimento de vendas no período natalino: 16,8%.  No grupo de produtos de época, o lombo suíno é o que apresenta maior expectativa de aumento de vendas, com 15,5%.

Qual sua opinião? Deixe um comentário: