Juninho transfere Cerest para prédio próprio

95

O Centro de Referência em Saúde do Trabalhador (Cerest), órgão ligado à Fundação de Saúde de Rio Claro, será transferido de sua atual sede, na Avenida 9 no Centro, para o prédio onde funcionou a Fundação Ulysses Guimarães, no Núcleo Administrativo Municipal (NAM). O anúncio dessa transferência, que deverá ser feita nos próximos meses, foi feito pelo prefeito João Teixeira Junior, o Juninho da Padaria, na tarde de quinta-feira (9) durante reunião com o conselho gestor do Cerest. 

“Trata-se de uma reivindicação legítima, pois desde o início de nossa gestão avaliamos que o Cerest precisava ter uma estrutura maior e mais adequada às suas necessidades, para um melhor acolhimento e atendimento às pessoas. Além disso, essa transferência representa uma economia para os cofres do município, pois deixaremos de pagar R$ 4.400 em aluguel”, disse o prefeito.

A futura sede do Cerest no NAM tem cerca de 400 metros quadrados, o dobro da atual, com a possibilidade de criar novas salas e fazer adequações necessárias como, por exemplo, a implantação de uma sala especial para exames de audiometria, entre outras.

A mudança do Cerest também faz parte do plano de reestruturação de repartições públicas que hoje funcionam em imóveis alugados. Após essa autorização do Executivo para a mudança do Cerest, o próximo passo será a reforma e adequação do local onde antes funcionava a Fundação Ulysses Guimarães. “Essa mudança faz parte do plano de ação do governo que a Fundação Municipal de Saúde está seguindo visando a economia do dinheiro público. Além disso, o Cerest estará em uma nova sede muito mais ampla e adequada às necessidades para melhoria do atendimento aos trabalhadores”, afirmou o secretário de Saúde, Djair Francisco.

A adequação no prédio será feita com dinheiro do próprio Cerest. “Já temos esse recurso e pretendemos iniciar as adaptações o mais breve possível”, informou o gerente do Cerest, César Borgi. O presidente do Sindicato dos Químicos de Rio Claro, Francisco Quintino, cumprimentou o prefeito Juninho da Padaria pela iniciativa. “Estamos felizes com sua iniciativa que reuniu várias pessoas para discutir e contribuir com as melhorias do Cerest e do atendimento excelente que a unidade oferece”, declarou.

Além da gerência do Cerest, também estavam presentes à reunião no paço municipal o vereador Val Demarchi, representantes do Movimento Sindical de Rio Claro, do Conselho Municipal de Saúde, do Crefito (Conselho Regional de Fisioterapia e Terapia Ocupacional) e da Associação dos Motofretistas.

“O NAM tem uma estrutura muito boa, inclusive com estacionamento, muito mais apropriada para abrigar o Cerest. Tudo o que for para melhorar o trabalho e acolhimento aos servidores e trabalhadores em geral é sempre bem-vindo”, elogiou Tu Reginatto, presidente do Sindicato dos Trabalhadores do Serviço Público Municipal de Rio Claro (Sindmuni).

Diante da importância do trabalho realizado pela unidade, a prefeitura entende que a nova sede seja em definitivo do Cerest. Assim, um projeto de lei nesse sentido deverá ser elaborado e enviado para análise da Câmara Municipal.

O Cerest Regional de Rio Claro atende também trabalhadores das cidades de Analândia, Araras, Conchal, Corumbataí, Ipeúna, Itirapina, Leme, Pirassununga, Santa Cruz da Conceição, Santa Gertrudes.

DEIXE UMA RESPOSTA