José Roberto Sechi lança dois livros de poesia dia 28 no Casarão da Cultura IC

153

Divulgação

Dois livros com poemas experimentais do artista multimídia José Roberto Sechi serão lançados no Casarão da Cultura de Rio Claro no próximo dia 28, sexta-feira. O evento será realizado a partir das 20 horas e inclui recital performático do autor, “na fronteira entre a literatura e a arte de ação”, como define o Sechi.

O livro Lanterna – Lã Terna é prefaciado pelo jornalista José Roberto Sant’ana. Pôr/Por Pouco tem prefácio de pesquisador e professor Jorge Luiz Antonio. Nos dois, os destaques são os jogos com a língua portuguesa, nos quais são exploradas a síntese, a autorreferência e as possibilidades sonoras e visuais do nosso idioma.

Ambos os livros têm 80 páginas no formato A6. A tiragem, artesanal, é de 50 exemplares de cada título, numerados e assinados.

Com esses dois livros o artista chega a 34 títulos, publicados de forma independente pela editora samzdat “Edições 100”.

José Roberto Sechi é artista visual, poeta, mail-artista,  performer e curador independente. Edita, desde o ano 2000, a revista de arte postal “Pense Aqui” e dirige o espaço alternativo Sechiisland, com uma micro-galeria para exposições de arte contemporânea, uma biblioteca especializada em arte e publicações experimentais, além da editora samizdat “Edições 100”.

Como artista visual e poeta, além de ter participado de diversas exposições coletivas, foi selecionado em numerosos salões de arte, concursos de poesia e antologias literárias, recebendo mais de 60 prêmios. É também autor de 34 livros e CDs de poesia, poesia visual, videoperformances, videopoemas e arte sonora.

Como mail-artista organizou vários projetos internacionais de arte postal e participa intensamente do Networking por todo o planeta. Como artista performático apresentou numerosas ações no Brasil e exibiu sua obra em várias exposições individuais.

O Casarão da Cultura de Rio Claro fica na Avenida 3 na esquina com a Rua 7, na Praça da Liberdade, Centro.

Qual sua opinião? Deixe um comentário: