Sem categoria

Sonho Lúcido

 

Sonho Lúcido é o termo que se refere à percepção consciente  que temos de um determinado estado ou condição enquanto sonhamos, resultando em uma experiência da qual temos uma recordação muito clara (“lúcida”) e nítida, normalmente aparentando termos tido controle e capacidade direta sobre nossas ações e, algumas vezes, o próprio desenrolar do conteúdo do sonho.  A experiência completa do início ao fim é chamada de sonho lúcido. Stephen LaBerge, um popular autor e pesquisador do assunto, definiu o sonho lúcido como “sonhando enquanto sabemos que estamos sonhando.

LaBerge e seus associados chamaram as pessoas que exploram intencionalmente as possibilidades dos “sonhos lúcidos” de “onironautas” (literalmente do grego querendo dizer “exploradores de sonhos”). O tema atrai a atenção de psicólogos, autores independentes,  grupos da Nova Era, místicos, ocultistas, artistas e muitos outros.

 

 

Os chamados “sonhadores lúcidos” normalmente descrevem seus sonhos como animados, coloridos, e fantásticos. Muitos comparam a uma experiência espiritual e dizem que este fato mudou sua maneira de viver ou sua percepção em relação ao mundo que vive. Alguns afirmam que os sonhos lúcidos são como uma “hiper-realidade”, aparentando muitas vezes serem mais reais que a própria realidade em vigilia” e que todos os elementos que compõem a realidade dos sonhos são amplificados. Sonhos lúcidos são prodigiosamente recordados em comparação a outros tipos de sonhos, até mais que os próprios pesadelos, que supostamente podem ser prescritos como um meio de livrar-se de um sonho dramático ou alarmante.

Embora seja difícil de obter um conhecimento claro e coerente sobre as múltiplas interpretações destas experiências — especialmente considerando sua natureza altamente subjetiva — a veracidade dos sonhos lúcidos é cientificamente verificada. Pode ser classificada como protociência,  até que haja um maior conhecimento cientifico sobre o assunto. Pesquisadores  tal como Allan Hobson, com estudos na área da Neurofisiologia dos Sonhos tem ajudado no avanço das pesquisas para o melhor entendimento dos mecanismos dos sonhos lúcidos, levando o assunto para um campo científico e sujeito a menores fatores especulativos.

Compreender-se sonhando dentro do sonho é a constatação de uma personalidade que está presente no sonho, mas não que comanda o sonho. Vivencia o sonho, mas não o controla. O próprio fato de perceber que está sonhando é material onírico, ou seja, é material do próprio sonho.

REFERÊNCIAS:

  • 1. A paralisia do sono e o sonho lúcido. MUNIZ, Cleber Monteiro, Jornal Infinito 
  • 2. LABERGE, Stephen. Sonhos Lúcidos. São Paulo: Siciliano, 1990
  • 3. Lucid Dreaming: The Paradox of Consciousness During Sleep, 1994
 
 

 

Outros posts deste autor
COMO A MEDICINA DA DOENÇA FUNCIONA
Acompanhamento Psicopedagógico
Doença Psicossomática
AMARGURA
INVEJA ou CIÚMES?

2 Comentários

  • Alanis
    7 de junho de 2016 - 00:12 | Permalink

    Sonho lúcido é o termo que se refere à percepção consciente que temos de um determinado estado ou condição enquanto sonhamos, resultando em uma experiência da qual temos uma recordação muito clara (“lúcida”) e nítida, normalmente aparentando termos tido controle e capacidade direta sobre nossas ações e, algumas vezes, o próprio desenrolar do conteúdo do sonho.[1] A experiência completa do início ao fim é chamada de sonho lúcido. Stephen LaBerge, um popular autor e pesquisador do assunto, definiu o sonho lúcido como “sonhando enquanto sabemos que estamos sonhando.”[2]

    WIKIPEDIA

  • Alanis
    7 de junho de 2016 - 00:13 | Permalink

    CITE A FONTE SEMPRE! O inicío do texto é da WIKIPEDIA.

  • Deixe uma resposta

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

    JCblogs Produzido por Gabriel Ferrari Mariano