Ivo Rosalem

Silêncio demais

Tudo o que soubemos durante o mês de dezembro sobre o Velo Clube é que a equipe iniciou um trabalho de avaliação de atletas para a formação do elenco da Série A2 e desfez a parceria com seus novos velhos gestores.

Pouca informação e muita preocupação. O Velo sabe e nós também sabemos o que é a Série A2. Eis o motivo de tanta preocupação. Estratégia. Sim, estratégia. Foi essa a definição dada pelo técnico Waguinho Dias para o silêncio adotado na Rua 3.

Em entrevista recente o treinador velista fez questão de se desvincular dos antigos parceiros, dizendo que é treinador do Velo Clube e não da parceria, e afirmou que hoje o Rubro Verde conta com 20 atletas indicados por ele com contratos assinados.

Waguinho disse que pediu à “assessoria de imprensa” do Velo que não divulgasse nada sobre jogadores, porque não queria correr o risco de anunciar um atleta que depois pudesse não ficar.

Essa história de perder jogador com acerto verbal é um risco que todo clube corre. Respeito a lei do sigilo, mas não concordo com a omissão de informação. Quem poderia depositar confiança em PENEIRA? Tudo o que era público no Velo era a mal fadada PENEIRA. Aliás, bem como prevíamos, sabem o que restou dela? UM jogador aprovado. Isso mesmo, um jogador, segundo o próprio técnico velista.

Que segurassem os nomes tudo bem. Só acho que não custava informar que, apesar do rompimento de contrato com a parceria, o trabalho seguia normalmente. O presidente velista autorizou e Waguinho contratou. O Velo só não divulgou, aí a gente assustou.

O técnico velista afirma confiar muito nesses 20 atletas. Segundo ele todos têm espírito vencedor. Ele os conhece. Nós iremos conhecê-los. A peneira deixava o Velo no zero. Só sabíamos dela. Felizmente há algo mais concreto, mas ainda assim é preciso esperar. Muito pouco tempo para treinamento. Só janeiro. Já disse e repito. Vamos torcer para que o Velão corra contra o tempo e faça uma grande Série A2. Na adversidade é mais gostoso vencer, mas mais difícil também. Bola para frente.

Outros posts deste autor
Rio-clarense Campeão das Américas
Bagunçou
O que manda é a qualidade
Muito longe do bom senso
A Força da Arquibancada

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

JCblogs Produzido por Gabriel Ferrari Mariano