Gilson Santullo

“Saidinha” deixa população apreensiva em Rio Claro

 

Os comerciantes e moradores de bairros em Rio Claro e região estão preocupados com as saídas temporárias dos presos beneficiados com Indulto de Natal e Ano Novo devido ação de alguns detentos que aproveitam da saída temporária do sistema carcerário para prática de roubos e furtos.

Na última semana presos receberam indulto em Rio Claro no Centro de Ressocialização Masculino (CRM) no Jardim Nova Rio Claro e detentas no Centro de Ressocialização Feminino (CRF) na Avenida da Saudade no Bairro do Estádio.

Na região presos foram beneficiados nas Penitenciárias I e II de Itirapina. Para receber indulto, o preso no regime semiaberto tem que ter bom comportamento e ter cumprido parte da pena.

Secretaria de Segurança e as festas

Sob a coordenação da Ouvidoria da Guarda Civil Municipal, a Secretaria de Segurança e Defesa Civil de Rio Claro realizou com vários parceiros a entrega de presentes a mais de 100 crianças na manhã do dia 24, véspera de Natal.

O encontro das crianças com o Papai Noel ocorreu nas dependências do Centro de Referência da Assistência Social (Cras) do Jardim Brasília. Algumas famílias do distrito de Ajapi também participaram da festa.

A iniciativa contou com o envolvimento do grupo de Motociclistas e Jipeiros “Galera Barro no Zoio”, Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) de Rio Claro, empresa Riclan, projeto Guarda Educacional (Geduc) e Cras Brasília. Todos se juntaram e mobilizaram esforços para presentear as meninas e meninos, que receberam os presentes. Bolas, bonecos e máscaras, além de bonecas e kits de maquiagem foram distribuídos à garotada.

23 Kg de maconha

A equipe da Força Tática da Polícia Militar apreendeu 23 quilos de maconha na noite de terça-feira na Rua M-22 no Jardim Progresso, região do Cervezão. Dois traficantes fugiram em veículo Astra prata abandonado no Jardim das Flores na madrugada.

Outros posts deste autor
Ocorrências: corrupção, violência doméstica e furto
Ocorrências: acidente de trabalho, flagrante de roubo e ameaça
Ocorrências policiais: veículos furtados, extorsão e estelionato
Ocorrências: furto, roubo e ameaça
Ocorrências: roubo, furto e tráfico

Um comentário

  • Marcelo
    3 de janeiro de 2016 - 00:14 | Permalink

    Só para esclarecer a difrença de INDULTO e Saída Temporária dos presos. O indulto de Natal é concedido pelo presidente da República e a saída temporária, pelo juiz da vara das execuções; O indulto de Natal é coletivo, enquanto que a saída temporária é concedida de forma individual; O indulto de Natal extingue a pena, já que se trata de verdadeiro perdão. A saída temporária, se cumprida fielmente, em nada afeta a pena; se descumprida, pode, eventualmente, fazer com que o condenado regrida de regime.O artigo 123, LEP, exige o cumprimento de três requisitos cumulativos: (i) comportamento adequado; (ii) cumprimento mínimo de 1/6 (um sexto) da pena, se o condenado for primário, e 1/4 (um quarto), se reincidente; (iii) compatibilidade do benefício com os objetivos da pena. Insta consignar, portanto, que esta saída temporária pode se dar em qualquer época do ano, até porque sua concessão não pode exceder prazo superior a sete dias, com direito à renovação por mais quatro vezes durante o ano (art. 124, LEP).

  • Deixe uma resposta

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

    JCblogs Produzido por Gabriel Ferrari Mariano