Gilson Santullo

Roubos, morte e mais ocorrências policiais

Ataque no sindicato

A Polícia Militar de Rio Claro registrou furto no Sindicato dos Vidreiros às 7h35 da manhã de quinta-feira na Avenida 11 no bairro Saúde, próximo da região central. Segundo relato da vítima, diretor do sindicato de 36 anos, ele chegou de manhã no local e percebeu ação de furto de dois aparelhos de telefone de linha fixa e computador.

O diretor do sindicato disse aos policiais, ter sido vítima de roubo por duas vezes, informações apresentadas na delegacia no plantão da Polícia Civil.

Roubo na Vila Alemã

Roubo de veículo, motocicleta, foi registrado às 22h40 de quinta-feira na Avenida 34-A com Rua 3-A, na Vila Alemã. A vítima foi encanador, estava ao lado de sua moto e aguardava amigo, próximo da Escola Batista Leme e acabou rendido por dois assaltantes, um deles com arma de fogo.

A dupla de ladrões roubou da vítima, a moto YBR 125 de cor vermelha, ano 2016, placa GAQ-8290 de Rio Claro e o aparelho celular.

Roubo em residência

Roubo em residência aconteceu às 22h20 de quinta-feira na Avenida 33 no bairro Cidade Jardim em Rio Claro. A vítima foi aposentado de 61 anos, casado, rendido por três assaltantes armados e encapuzados, roubaram R$ 100,00 e alianças de casamento, segundo está na ocorrência. A família do aposentado ficou trancada em um dos cômodos da residência.

Roubo no bar

Roubo em bar foi registrado às 9h50 da manhã de quinta-feira na Rua 20, no Bairro do Estádio em Rio Claro. A vítima foi a comerciante de 53 anos, viúva, rendida por dois assaltantes, roubaram R$ 900,00. A dupla de ladrões chegou em frente do estabelecimento comercial, um de moto e seu comparsa a pé, roubaram o valor em dinheiro e o celular da vítima.

Roubo em frente da empresa

Roubo em frente de empresa de salgados foi registrado às 14h15 de quinta-feira na Rua 23 no Jardim São Paulo. A vítima foi o motorista de 24 anos, chegava com veículo em frente do estabelecimento comercial, rendido por dois assaltantes armados, roubaram R$ 200,00. O motorista trabalha para empresa de salgados, segundo está na ocorrência.

Caso de homicídio

Na versão da estudante, A.C.S.B.M. de 19 anos, acusada de matar o irmão Gustavo Henrique dos Santos Batista de Melo, 17 anos, na tarde de quinta-feira na Avenida 16 no Jardim Maria Cristina, próximo do bairro Wenzel, ela se defendeu da agressão do menor, seu irmão.

Segundo ela, o menor lhe agrediu com cabo de vassoura e faca e a estudante se defendeu arremessando a faca, atingiu o abdômen do adolescente, ele, estudante, foi socorrido até a Unidade Básica de Saúde no bairro Benjamin de Castro, mas não resistiu, segundo os policiais. Acusada foi detida e ficou à disposição da Justiça, a faca localizada na gaveta da cozinha.

Outros posts deste autor
Ocorrências: corrupção, violência doméstica e furto
Ocorrências: acidente de trabalho, flagrante de roubo e ameaça
Ocorrências policiais: veículos furtados, extorsão e estelionato
Ocorrências: furto, roubo e ameaça
Ocorrências: roubo, furto e tráfico

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

JCblogs Produzido por Gabriel Ferrari Mariano