Gilson Santullo

Roubos, assaltos e atropelamento entre as ocorrências policiais

Roubo no Jardim Santa Maria

A Polícia Militar de Rio Claro registrou roubo de veículo às 18h15 desta sexta-feira (20) na Rua Jacutinga no Jardim Santa Maria. A vítima foi o empresário V.G.P.O. de 34 anos, rendido por assaltante com arma de fogo. O empresário estava em frente de estabelecimento comercial e iria entrar no Toyota Corolla prata, ano 2011, placas EPT-5231 de Rio Claro. O ladrão fugiu com o carro no sentido da SP-191 na rodovia Wilson Finardi entre Rio Claro e Araras. O carro roubado tem seguro e no local onde aconteceu o roubo há sistema de monitoramento de câmeras.

Roubo no bairro Cidade Nova

Roubo contra transeunte foi registrado às 23h35 desta sexta-feira (20) na Rua 7-B no bairro Cidade Nova. A primeira vítima foi o técnico de informática D.G.J. de 22 anos, rendido por dois ocupantes de pele negra com moto Falcon de cor escura, o da garupa com capacete azul e com pistola, roubou o celular. Mais duas vítimas estavam ao lado do técnico de informática e foram rendidas. Os ladrões roubaram R$ 400 de rapaz de 23 anos e R$ 150 do jovem de 21 anos.

Morte na região de Itirapina

O coletor de lixo Moacir Aparecido Pascoal, 55 anos, morreu atropelado por caminhão do departamento de limpeza em que trabalhava no final da manhã de sexta-feira (20), na estrada de terra próximo de Itirapina. Moacir estava pendurado na lateral do veículo que ao passar por uma árvore, foi derrubado por um galho, o coletor caiu na frente da roda do caminhão. O corpo foi encaminhado ao IML (Instituto Médico Legal) do Necrotério Municipal de Rio Claro para exame do legista.

Ato Infracional

O menor M.P.F. de 16 anos, interno de Lar de Ação Social no bairro Bela Vista em Rio Claro, foi acusado de ameaça de agressão contra a funcionária da entidade assistencial às 15h desta sexta-feira (20). Adolescente saiu e disse que iria cheirar perfume, chegou da rua com copo na mão e agressivo, ameaçou a funcionária F.D.C, de 21 anos, ela tem função de mãe social. A Polícia Militar foi acionada, através do 190 e registrou ocorrência de ato infracional e ameaça.

Dengue no carro abandonado

A Guarda Civil Municipal (GCM) de Rio Claro recolheu nesta sexta-feira (20), dois veículos que se encontravam abandonados há algum tempo na Avenida 16-A, entre as Ruas 4-B e 5-B, na Vila Indaiá. A retirada dos dois veículos foi solicitada por moradores que residem nas proximidades do local onde estavam os dois carros, um deles já sem os vidros e o motor, inclusive com lixo em seu interior. A reclamação da comunidade surgiu em razão da preocupação com a dengue.

O secretário de Segurança e Defesa Civil, José Sepúlveda, que acompanhou o serviço, explicou que a ação está respaldada no Código de Trânsito Brasileiro, mas destacou que o trabalho está inserido no esforço concentrado adotado pela Prefeitura para combater a dengue, eliminando possíveis criadouros do mosquito transmissor da doença. “Veículos abandonados em vias públicas podem perfeitamente abrigar larvas do mosquito, expondo a população a esta doença perigosa e, às vezes, fatal”, acrescentou.

Os dois veículos, um Passat e um TL, ambos da marca Volkswagen, foram guinchados do local para alívio dos moradores que residem nas imediações daquela área.

Denúncias sobre veículos abandonados nas vias públicas devem ser feitas à Guarda Civil Municipal, utilizando o telefone 153. Acionada, a GCM vai até o endereço indicado pelo denunciante, avalia a situação do veículo e toma as providências previstas no Código de Trânsito Brasileiro.

De acordo com a GCM, os veículos são abandonados pelos mais variados motivos, seja pela falta de recursos do proprietário para custear o conserto, seja em decorrência de avarias causadas por acidente de trânsito ou mesmo por falta de peças de reposição, por exemplo, informação da Guarda Civil.

Outros posts deste autor
Ocorrências: corrupção, violência doméstica e furto
Ocorrências: acidente de trabalho, flagrante de roubo e ameaça
Ocorrências policiais: veículos furtados, extorsão e estelionato
Ocorrências: furto, roubo e ameaça
Ocorrências: roubo, furto e tráfico

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

JCblogs Produzido por Gabriel Ferrari Mariano