Antonio Archangelo

Relatório do Operação Custo Brasil

São Paulo, 25 de julho de 2016

PF relata inquérito da Operação Custo Brasil

 

São Paulo/SP – A Polícia Federal finalizou a investigação que deu origem à Operação Custo Brasil, tendo relatado o inquérito policial e enviado o procedimento ao Ministério Público Federal na última sexta-feira (22).

Foram indiciadas 22 pessoas, pelos crimes abaixo indicados:

  • integrar organização criminosa (18 pessoas indiciadas),
  • corrupção ativa (8 pessoas indiciadas),
  • corrupção passiva (3 pessoas indiciadas),
  • tráfico de influência (5 pessoas indiciadas),
  • lavagem de dinheiro (13 pessoas indiciadas).

Os autos foram enviados para o Ministério Público Federal, que poderá apresentar denúncia à Justiça Federal, reenviar o inquérito policial para a PF para a realização de novas diligências investigativas ou requerer o arquivamento da investigação à Justiça.

A Operação Custo Brasil foi deflagrada em 23/06/2016, para apurar o pagamento de propina a pessoas ligadas a funcionários públicos e agentes públicos ligados ao Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão – MPOG, relacionado a contratos de prestação de serviços de informática, entre os anos de 2010 e 2015.

 

Outros posts deste autor
Polícia Federal deflagra operação Mala Direta contra fraudes nos Correios
Rio Claro deveria ter uma Fundação Municipal da Educação?
O que o deputado precisa saber sobre a PEC 241 e seus efeitos na saúde e na educação
TOP 10: Despesas por secretarias municipais
Afinal quanto deve a Prefeitura de Rio Claro?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

JCblogs Produzido por Gabriel Ferrari Mariano