Antonio Archangelo

Polícia Federal deflagra operação Mala Direta contra fraudes nos Correios

São Paulo/SP – A Polícia Federal deflagrou na manhã de hoje (14) a operação Mala Direta para desarticular esquema de fraudes no envio de mercadorias pelos Correios, envolvendo funcionários concursados daquela empresa. Cem policiais federais cumpriram 9 mandados de prisão, 3 mandados de condução coercitiva e 19 mandados de busca e apreensão na capital e grande São Paulo, todos expedidos pela 5ª Vara Criminal Federal de São Paulo.

O inquérito policial iniciou-se em junho de 2015, após o envio de informações pela área de segurança da Empresa Brasileira de Correios e Telégrafos – EBCT noticiando um sistema paralelo e clandestino de postagens de boletos, revistas e malas diretas utilizando-se de toda a estrutura dos Correios, mas faturadas para outras empresas de transporte de encomendas postais.

A investigação, que contou com apoio integral da EBCT, aponta que a fraude começava com a recepção das correspondências e encomendas em sistema semelhante ao padrão, mas, ajustados com as empresas fraudadoras, os funcionários envolvidos no esquema adulteravam as pesagens, suprimiam listas de faturamento, inseriam dados falsos nos sistemas de informações e ainda adicionavam as cargas clandestinas na distribuição dos Correios, gerando um prejuízo estimado de R$ 647 milhões em dois anos.

A pedido da PF, os investigados tiveram todos os bens bloqueados pela Justiça. Eles responderão, na medida de suas participações, pelos crimes de corrupção passiva, corrupção ativa e associação criminosa, com penas que variam de 1 a 12 anos de prisão.

Haverá entrevista coletiva às 14h30 na sala de imprensa da Superintendência Regional da Polícia Federal em São Paulo, Rua Hugo D’Antola, 95, Lapa de Baixo.

2016-10-14-boa-resolucao-3 img-20161014-wa0006

Outros posts deste autor
Rio Claro deveria ter uma Fundação Municipal da Educação?
O que o deputado precisa saber sobre a PEC 241 e seus efeitos na saúde e na educação
TOP 10: Despesas por secretarias municipais
Afinal quanto deve a Prefeitura de Rio Claro?
LavaJato: Operação OMERTÀ

Um comentário

  • MARISA MATTOS
    26 de outubro de 2016 - 08:51 | Permalink

    O CORREIO TA MUITO RUIM , ACHO QUE DEVERIA SER PRIVATIZADO URGENTE , POIS NÃO CAPACIDADE E
    PARA SERVIR NOSSA POPULAÇÃO , ESSE PAÍS TA AO CAOS , SÓ ROUBO EM TODOS OS SETORES PÚBLICOS UMA VERGONHA , O PT ACABOU COM O PAÍS E O MAIS FERRADO É O POVO

  • Deixe uma resposta para MARISA MATTOS Cancelar resposta

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

    JCblogs Produzido por Gabriel Ferrari Mariano