Carine Corrêa

Os ‘homicídios’ dos jacarés e do gorila

Foi assunto nesta semana o caso do jacaré que arrastou um menino de dois anos para o lago. O menino brincava na água em um resort da Walt Disney, no Estado da Flórida (EUA). Na busca para encontrar restos mortais da criança, as autoridades capturaram e mataram cinco jacarés, mas nada foi encontrado. Nessa quarta-feira (15), a notícia: “polícia encontra corpo de menino arrastado por jacaré na Disney”. Teve ainda o abate do gorila Harambe, que foi morto a tiros depois de um menino de quatro anos cair em seu cercado de cativeiro, no zoológico de Cincinnati, nos Estados Unidos.
No caso dos jacarés, a imprensa logo deu espaço para a notícia mais chocante sobre o episódio: “Não há dúvidas de que jacaré matou menino em lago da Disney, diz xerife”. Pouco se falou sobre o jacaré e seu habitat, e a necessidade de sinalizar aos humanos o ambiente em que estas espécies habitam. Placas do tipo: ‘Olá, eu jacaré-americano, ou conhecido cientificamente como Alligator mississippiensis, habito este lago. Aqui passo a minha vida. Sou primo do jacaré do Pantanal (Caiman yacare). Como temos hábitos diferentes, posso apresentar um risco a você, portanto não ultrapasse’.
Já sobre o gorila Harambe, poderia ter uma placa explicativa também, mas diferente daquelas que são colocadas nos zoológicos, do tipo: ‘Olá, meu nome é Harambe, sou um gorila e tenho 181 quilos. Nasci no zoológico de Gladys Porter, no Estado do Texas, e vim pra cá em 2014. Nunca experimentei a liberdade e sempre vivi confinado. Não ultrapasse, pois, como temos hábitos diferentes, posso apresentar um risco a você’.
Na pressão do tribunal popular, o homicídio dos animais passa a ser a única alternativa, e a manutenção da vida passa a ser vista apenas à espécie humana.

Outros posts deste autor
Batalha lunar
Meu espírito é selvagem
Flor&ser
Simples(mente) o presente
O feitiço do gengibre

Um comentário

  • Adão Lahr
    22 de junho de 2016 - 21:00 | Permalink

    Eu fico chocado de ver tantas noticias ruim ,como pode um ser humano chegar ao ponto de tirar a própria vida em desespero da crise por que passamos.é um absurdo o que este maldito p t criou em nosso pais um Brasil rico maravilhoso e essa corja de vagabundos criaram uma situação desesperadora com milhares de desempregados que muitos não tem como trazer o sustento para suas famílias .Só nos resta pedir a Deus que nos de forças e abençoe nosso querido Brasil

  • Deixe uma resposta

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

    JCblogs Produzido por Gabriel Ferrari Mariano