Sem categoria

Encontro de cadáver, facada e idosa rendida

Encontro de cadáver

A Polícia Militar de Rio Claro registrou encontro de cadáver às 20h05 deste domingo (25) na Rua 7, bairro Inocoop. Vítima fatal foi aposentado Lélio Weismann, 79 anos. Aposentado foi encontrado morto pelo genro, vendedor de 56 anos. A sua sogra estava no banheiro sentindo-se mal. No local não há sinais de arrombamento e violência. O corpo foi encaminhado ao IML (Instituto Médico Legal) do Necrotério Municipal de Rio Claro, na Avenida da Saudade, para exame do legista.

Roubo no Inocoop

Roubo em autoposto de gasolina aconteceu às 12h no domingo, no autoposto de gasolina na Estrada dos Costas, no bairro Inocoop. A vítima foi um frentista de 35 anos, rendido por dois assaltantes num veículo Gol. A dupla roubou R$ 50,00 e fugiu em direção à Escola Estadual Délcio Baccaro. Os dois ocupantes do carro chegaram no autoposto e condutor pediu para abastecer R$ 25,00, em seguida anunciou o assalto.

Roubo na Vila Aparecida

Roubo contra transeunte aconteceu no início da madrugada nesta segunda-feira (26 de setembro) na Rua 2 com Avenida 26 na Vila Aparecida em Rio Claro. Suspeito de 18 anos foi localizado pela PM na Rua 6-A na Vila Alemã. A vítima havia reconhecido o suspeito através de foto na polícia, mas ao ficar de frente com o provável acusado, não tinha certeza do reconhecimento, segundo está na ocorrência.

Facada na virilha

Lesão corporal foi registrada na madrugada de domingo na Rua M-18 no Cervezão. A vítima, pedreiro de 52 anos, foi esfaqueada na virilha. O pedreiro discutiu com sua esposa e ela de posse de faca, atingiu a virilha esquerda, segundo a polícia.

Estupro

A estudante de 18 anos foi vítima de estupro às 5h30 da manhã de sábado, na Rua 30, Jardim Nova Rio Claro. Segundo a vítima, teve churrasco na sua residência no Jardim Progresso, região do Cervezão e ela ingeriu bebida alcoólica e foi a pé até outro lado de Rio Claro no Jardim Palmeiras. No Jardim Palmeiras, condutor com moto de cor vermelha lhe ofereceu carona e a levou até matagal no Jardim Nova Rio Claro, onde ocorreu o estupro, segundo a polícia.

Menor depenando carro

Na tarde de sábado (24), às 15h05, os integrantes da viatura 4.87 da Guarda Civil Municipal (GCM) de Rio Claro, GCMF Cortes e GCM Pedro em patrulhamento pela Avenida 11, na área rural, avistou o menor R.F.A.O., 16 anos, morador do bairro Jardim Nova Rio Claro, retirando as rodas de um veículo Fiat Uno preto, ano 2012, placas EPO 3345, de Santa Gertrudes, no local. Veículo este que havia sido roubado na data de 23/9 em Santa Gertrudes. O menor estava com duas chaves de rodas, além de um alicate para retirar as rodas do veículo.

Menor no tráfico

Na tarde de sábado (24), às 15h, os integrantes da equipe GAM GCMs, Eugênio e Cordeiro, em patrulhamento pela Avenida 66 com Rua 11, na Vila Olinda, abordaram o menor L.F.R., 17 anos, com a quantia de R$ 68,00 em espécie escondidos em suas vestes na roupa. Os GCMs fizeram uma vistoria nas imediações e localizaram debaixo de uma pedra a quantia de R$ 340,00 em espécie. Diante da situação, foi acionado o apoio da Equipe Canil da GCM que logrou êxito em localizar 66 pedras de crack num terreno próximo ao menor. A bicicleta que estava em posse do menor também foi apreendida juntamente com a droga e o dinheiro.

Carro roubado

Na noite de sábado (24), às 18h25, os integrantes da viatura 1.208 da Guarda Civil GCMs, Baungartner e Silvério, com o apoio da viatura 4.86 GCMs Andrade e Gonçalves em patrulhamento no Distrito Industrial, próximo no autoposto de gasolina, localizaram abandonado um veículo Fiat Pálio Weekend Adventure, verde, ano 2007, placas LKM-3428 de Sumidouro/RJ, o qual havia sido roubado no dia 22/9 em Rio Claro.

Corolla ao lado de Baile Funk

Na madrugada de domingo (25), no horário de 1h40 da madrugada, a viatura 4.87 da Guarda Civil de Rio Claro, com os GCMs Ferraz e Djalma em patrulhamento pela Rua Batovi, na Chácara Bom Retiro, próximo a um Baile Funk, localizou abandonado um veículo Toyota Corolla prata, ano 2012, placas FFA 2468 de Rio Claro, o qual tinha sido roubado no dia 23/9 em Rio Claro. O veículo que, aparentemente, estava intacto foi conduzido ao plantão policial.

Roubo na região central

No início da madrugada de domingo (25), a viatura 4.84 da Guarda Civil com o GCM Pauletto e o Subinspetor Márcio em patrulhamento pela Rua 2, com Avenidas 24 e 26, na região central de Rio Claro, após averiguar um veículo com o pisca alerta acesso foram solicitados por um popular que afirmava que estava ouvindo gritos de socorro pela vizinhança. Os GCMs fizeram uma busca e localizaram próximo à residência de onde eram ouvidos os gritos. Imediatamente adentraram a residência e depararam com uma senhora com os punhos amarrados.

A vítima Y.O.W., 75 anos, foi libertada e relatou aos GCMs que estava em sua residência quando as luzes se apagaram. A mesma ao sair de sua residência para verificar com uma vizinha o que estava acontecendo, acabou rendida por três indivíduos pardos, magros, altos e encapuzados que através de violência física e ameaças de incendiar o imóvel subtraíram uma TV Samsung Led 46 polegadas, dois notebooks – um HP e outro Dell, cartão de crédito e débito do Banco do Brasil com a senha, além de um veículo MMC/Pajero TR4, vermelho, ano 2005, placas DMO-6839, do município de Campinas.

A vítima informou que foi agredida, porém dispensou o socorro médico e que os indivíduos antes de deixar a residência, ainda, tentaram arrombar um vitrô da sala na residência.

Outros posts deste autor
Ocorrências: corrupção, violência doméstica e furto
Ocorrências: acidente de trabalho, flagrante de roubo e ameaça
Ocorrências policiais: veículos furtados, extorsão e estelionato
Ocorrências: furto, roubo e ameaça
Ocorrências: roubo, furto e tráfico

Um comentário

  • 27 de setembro de 2016 - 11:38 | Permalink

    A população de Rio Claro não se deu conta dos níveis alarmantes de criminalidade deveriam protestar, fazer grande passeata até a prefeitura
    , suspender as aulas por um dia em protesto. o poder publico está acomodado, a policia inerte….não é possivel ter essa quantidade de ocorrencias diariamente, são quase umas 186 por mês é isso? Sou de SP capital , toda a minha familia de RIo Claro e atualmente moro em Vitória ES, dói o coração ver uma cidade excelente com níveis de criminlidade iguais a baixada fluminense. Sinceramente muita coisa precisa mudar urgente.

  • Deixe uma resposta

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

    JCblogs Produzido por Gabriel Ferrari Mariano