Samia Dias

Como vender para o mercado de luxo?

Sabe aquela situação em que você vai a um aniversário de um amigo que já viajou para todos os lugares possíveis e imagináveis, que tem de tudo o que se possa imaginar e você não faz ideia de como presenteá-lo?

É mais ou menos assim que os publicitários se imaginam quando precisam vender um produto ou um serviço para o mercado de luxo. Mas é claro que este mercado também possui desejos de compra, porém o que menos importa é o quanto custa.

O mercado de luxo envolve pessoas que já atingiram todas as suas necessidades básicas e agora estão em busca da satisfação social e pessoal. Gostam de exclusividade nos produtos que compram e no tratamento que recebem antes e durante a compra.

A exclusividade no produto é essencial, e atender suas expectativas é muito mais difícil do que se imagina justamente porque elas são muito altas e estão fora do padrão de qualquer produto popular.

O simples fato da exclusividade já é uma forma de atender às expectativas, porém nem sempre isso é possível de alcançar devido ao avanço da tecnologia e de consumidores menos abastados economicamente desejarem as marcas consumidas pelo mercado de luxo.

As marcas voltadas para o mercado de luxo nem sempre são de conhecimento público. Claro que temos marcas muito famosas como Montblanc, Mercedes-Benz, Cartier, Dior entre outras, porém tem algumas que acabam ficando “escondidas” do grande público justamente para manter a exclusividade do mercado de luxo.

montblanc

As ações de comunicação e de marketing geralmente são feitas em veículos segmentados, utilizando-se de estratégias de marketing de relacionamento e marketing direto.

Todo material gráfico desenvolvido para atingir este mercado possui impressão de primeira linha e acabamento impecável. A imagem da marca é sofisticada e todo material deve acompanhar seu posicionamento, além de ajudar a ser um diferencial no meio da multidão.

cartier-logo

Trabalhar o marketing de relacionamento com este público é fundamental. Com esta ferramenta é possível descobrir os sonhos e desejos que cada um tem, facilitando a venda dos produtos.

Já o marketing direto é um pouco complicado por se tratar de um mercado que não gosta de fazer cadastro. As empresas que possuem listas com dados desses clientes, sabem que possuem ouro em suas mãos.

O mais importante a saber é o momento certo em se comunicar com o mercado de luxo: sempre que se tenha algo a dizer. Pode ser o lançamento de um produto ou algum diferencial a ser demonstrado.

Até semana que vem!

Outros posts deste autor
Você sabe o que seu consumidor quer?
Omni-channel, como fazer e por que fazer?
Tenha sucesso com sua equipe de vendas
Ser lembrado é o suficiente?
Viva a experiência!

8 Comentários

  • 23 de junho de 2015 - 15:19 | Permalink

    Olá, gostei muito do seu artigo, aguardo mais novidades. Para mim, que estou começando agora, suas dicas foram muito importantes.

    • Samia Dias
      23 de junho de 2015 - 16:10 | Permalink

      Olá Carlos Maciel, fico muito feliz que esteja sendo útil. Logo mais, trarei mais novidades sobre este mundo maravilhoso do marketing e da propaganda.
      Abraço!

  • Deixe uma resposta

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

    JCblogs Produzido por Gabriel Ferrari Mariano