Gilson Santullo

Clientes de posto são alvos de arrastão

Arrastão no posto

A Polícia Militar de Rio Claro registrou arrastão no roubo em autoposto de gasolina às 20h30 de quinta-feira (22), na Avenida Presidente Kennedy. A primeira vítima foi ferramenteiro de 48 anos, rendido por dois assaltantes com arma de fogo. O ferramenteiro chegou ao posto de gasolina para abastecer seu veículo e teve roubado a Blazer prata, ano 2000, placas DAZ- 9391 de Rio Claro, celular e carteira com documentos.

Mais três vítimas, professora de 42 anos foi ao banheiro e no retorno, sua filha teve o celular roubado. Coordenadora do Samu, de 45 anos, foi abastecer o carro e seu celular e a carteira foram roubados e o frentista de 26 anos, obrigado a entregar R$ 600,00 do caixa. A Blazer do ferramenteiro foi abandonada no Jardim Novo I, segundo os policiais.

Roubo na Defensoria Pública

Roubo na Defensoria Pública aconteceu no horário de almoço na quinta-feira na Avenida 17, bairro Consolação, em Rio Claro. Dois vigilantes foram rendidos por dupla com arma em punho. Um dos vigilantes, de 46 anos, estava na portaria e foi obrigado a entregar o colete balístico e o crachá. O outro vigilante, de 45 anos, teve também o colete balístico roubado.

Roubo de veículo

Roubo de Fiat Palio verde, placas LKM-3428 de Sumidouro-RJ, foi roubado às 18h50 de quinta-feira, na Rua 30 com Avenida 22, no Jardim São Paulo II. A vítima foi um vendedor de 44 anos, morador em Nova Friburgo-RJ, rendido por dois assaltantes com pistola. Os ladrões levaram R$ 700,00 e os produtos de lingerie e fugiram para direção desconhecida.

Polícia Ambiental

A Polícia Ambiental de Rio Claro em operação na região na quinta-feira apreendeu seis aves silvestres da espécie trinca-trinca, tico-tico e bigodinho em residência em Iracemápolis. Em outro imóvel, foram apreendidas 18 aves silvestres da fauna brasileira. Um dos acusados foi autuado em multa de R$ 6 mil e o segundo indiciado multado em R$ 9 mil, por manter aves silvestres em cativeiro dentro de sua residência.

Morte com investigação

A Polícia Militar registrou caso de morte às 17h20 de quinta-feira na Vila Olinda, em Rio Claro. Vigilante de 43 anos foi encontrado morto no quarto trancado, que foi arrombado pelo sobrinho, segundo está na ocorrência. A Polícia Civil apura mais informações neste caso de morte no bairro.

Outros posts deste autor
Ocorrências: corrupção, violência doméstica e furto
Ocorrências: acidente de trabalho, flagrante de roubo e ameaça
Ocorrências policiais: veículos furtados, extorsão e estelionato
Ocorrências: furto, roubo e ameaça
Ocorrências: roubo, furto e tráfico

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

JCblogs Produzido por Gabriel Ferrari Mariano