Gilson Santullo

Homem é atropelado duas vezes e morre na SP-127

Atropelamento e omissão

O pedreiro Derneval Maciel da Silva, de 66 anos, morreu atropelado na Rodovia Fausto Santomauro na SP-127, que liga Rio Claro até Piracicaba, neste final de semana.

Segundo informação no Boletim de Ocorrência (BO) da Polícia Civil, ele foi atropelado duas vezes, mas foi socorrido apenas na segunda vez, quando o motorista parou para ajudar. O primeiro não prestou socorro à vitima.

Policiais militares relataram à Polícia Civil que o condutor de 31 anos de uma caminhonete, com placas de Limeira-SP, trafegava pela rodovia quando passou com o veículo por cima de um corpo e de uma bicicleta azul, que já estariam jogados ao solo. Ele informou que a vítima provavelmente já tinha sido atropelada por outro motorista, que fugiu do local.

Facadas em Ipeúna

A Polícia Militar registrou ocorrência de tentativa de homicídio às 3h30 na última madrugada de domingo (30) em Ipeúna. A vítima foi P.R.S.M., 26 anos, atingido com golpes de faca.

Segundo está no Boletim de Ocorrência (BO) da Polícia Militar, a vítima teve ferimentos com golpes de facadas no peito e seu estado é grave, ele ficou internado no PSMI da Santa Casa de Rio Claro.

A vítima reside no bairro Alto de Ipeúna e o setor policial apura mais informações sobre autoria das facadas.

Lesão corporal

Lesão corporal foi registrada às 15h neste domingo no trecho da estrada rural entre Rio Claro e o Distrito de Batovi, região rural. A vítima foi M.P., 51 anos, atingido com golpes de facão.

M. é morador no Jardim Matheus Manieiro em Rio Claro e está internado no PSMI da Santa Casa. Policiais civis investigam autoria da lesão corporal.

Porte de entorpecente

Porte de entorpecente aconteceu às 3h45 desta segunda-feira (31) na Rua Jacutinga com Avenida 60 no Parque Universitário em Rio Claro. O indiciado é o cabeleireiro B.R.F. de 27 anos, morador em apartamento de prédio no Jardim Araucária em frente da antiga empresa Ludival.

Com o acusado, os PMs apreenderam cocaína e crack, o indiciado estava com veículo Fox 1.0. de cor preta, ano 2005, placas de Mogi Guaçu-SP, a placa do carro encontrava-se encoberta.

O indiciado tem passagem nos meios policiais nos artigos da Lei do Código Penal, 155 (furto) e 157 (roubo).

Crack e maconha

A Polícia Militar apreendeu crack e maconha às 20h30 de domingo na Avenida 66-A com Rua 12-A no bairro São Miguel em Rio Claro. O indiciado é o rapaz S.W.F.N. de 18 anos.

Com o acusado, os policiais militares apreenderam R$ 30,00 na gaveta do quarto da residência, foi apresentado na delegacia no plantão policial.

Flagrante na empresa

Flagrante de furto qualificado foi registrado em antiga empresa de transporte desativada às 8h30 de domingo na Avenida Brasil no Distrito Industrial de Rio Claro.

Os dois acusados detidos são R.F.C.J. de 19 anos e E.R.M. de 33 anos, moradores no Parque Industrial em Rio Claro.

A vítima foi o mecânico de manutenção de 35 anos, morador em Limeira, atualmente responsável pelo prédio da antiga empresa, estava no local para negociação de venda do imóvel e percebeu barulho nos fundos da firma.

Ao avistar dois suspeitos no local, a vítima acionou a Polícia Militar através do 190 e a dupla de acusados detida e um deles com extintor da antiga empresa, foram encaminhados para Cadeia Pública.

Roubo em residência

Roubo em residência foi registrado às 22h25 de domingo na Rua 15 Particular no bairro Santa Cruz. A vítima foi aposentado de 59 anos, divorciado, rendido por dois assaltantes magros e pardos e sem arma de fogo.

Um dos assaltantes tentou enforcar a vítima com camisa e roubaram aparelho DVD, notebook e celular, fugiram ao pular o muro da residência.

Gol furtado

Na noite de sábado (29), componentes da viatura de prefixo 446 da Guarda Civil Municipal (GCM) de Rio Claro patrulhavam as imediações do bairro Copacabana quando avistaram um veículo VW Gol de cor branca estacionado com o alarme acionado.

Os patrulheiros desembarcaram e ao verificarem o automóvel constataram que o mesmo estava com a porta do condutor aberta e também havia indícios de ligação direta no painel do veículo.

Os agentes efetuaram a pesquisa do emplacamento CJM-3552 de Espírito Santo do Pinhal-SP, mas até aquele momento nenhuma queixa de furto ou roubo havia sido registrada envolvendo o veículo pesquisado, entretanto considerando as condições em que foi encontrado, o mesmo foi conduzido até o plantão policial onde após alguns minutos também compareceu o proprietário informando que estaria no município efetuando compras e ao chegar no local que havia deixado seu veículo teve a desagradável experiência de entrar na estatística de furto de veículo.

Felizmente por sorte e pelo bom trabalho realizado pelos GCMs, o furto não foi consumado e conforme o BO/PC nº 5027/2014 (auto localizado), o veículo só não foi entregue a vítima porque a documentação veicular não estava correta.

Outros posts deste autor
Coutinho, o cabra marcado para morrer
Documentários para ver ontem
Filmes que são presentes
“Você não pode se livrar de Babadook”
As mulheres badass do cinema

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

JCblogs Produzido por Gabriel Ferrari Mariano