Roberta Moraes Sem categoria

BIPOLAR

 

Bipolar é o que tem dois polos opostos. É a denominação dada ao indivíduo que tem comportamento contraditório, ora apresenta bom humor, ora apresenta irritação.

Bipolar é aquilo que possui particularidades e elementos que se opõem ou que são de caráter inteiramente contrários.

Na psiquiatria, um indivíduo bipolar é alguém que possui um transtorno de comportamento caracterizado por ocorrência de episódios alternados com períodos de euforia e, períodos de depressão, intercalados por períodos de normalidade. Na área da psiquiatria os casos de bipolaridade são denominados “transtorno bipolar de humor”

images (7)

 

Os sintomas revelados por um indivíduo bipolar variam muito, dependendo da fase do transtorno que está vivendo no determinado momento.

Na fase da euforia o humor do indivíduo fica exaltado, o fluxo de ideias fica acelerado, podendo esse período durar dias, semanas ou meses. Todas as atividades ficam exacerbadas, a pessoa fala muito, se excede nas compras, dorme pouco etc. Na depressão os sintomas são o inverso, falta energia, o raciocínio fica lento, ocorrem pensamentos de suicídio, etc.

Bipolaridade é o comportamento de uma pessoa que muda de sentimentos de uma hora para outra, e também pode ser chamado de transtorno bipolar ou distúrbio bipolar. A pessoa bipolar possui transtornos de humor, com diversos estágios durante o processo.

Durante o transtorno, a pessoa pode ter uma fase maníaca ou hipomaníaca, que é a diferença de estar muito feliz ou estar muito triste. Algumas características são a hiperatividade física e mental, depressão, inibição, lentidão para realizar ideias, ansiedade e tristeza. Todos esses sintomas juntos são chamados de depressão maníaca, que começou a ser estudada no fim do século XIX pelo psiquiatra Emil Kraepelin.

 

Existem diversas variações do distúrbio bipolar. O tipo I é quando o indivíduo tem o predomínio da fase maníaca, com depressão mais leve, o tipo II é o predomínio da fase depressiva com mania mais leve, a mista é quando os episódios possuem características de mania e depressão simultâneos, os ciclos rápidos são quando as variações de humor duram menos de uma semana e por último, a ciclotimia, que é quando os sintomas persistem por no mínimo dois anos, e quando a depressão e a mania são profundos podem até ser qualificados como depressão maior.

 

CUIDE-SE!

Até a Próxima!

RLM

 

 

REFERÊNCIAS
ABC Psicologia & Pegagogia

 

Outros posts deste autor
COMO A MEDICINA DA DOENÇA FUNCIONA
Acompanhamento Psicopedagógico
Doença Psicossomática
AMARGURA
INVEJA ou CIÚMES?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

JCblogs Produzido por Gabriel Ferrari Mariano