Vivian Guilherme

Bandas do começo dos anos 2000

O comecinho dos anos 2000 foi um período bastante prolífero para as bandas de rock, sobretudo para as que integravam mulheres em sua formação. Naquela época, era possível contabilizar inúmeras que ocupavam as primeiras posições nas paradas de sucesso, ou mesmo no TOP 10 da extinta e saudosa MTV.

Tudo começou com Pitty, que logo veio acompanhada por Ludov, Luxúria, Leela, Brava, Vega e Canto dos Malditos na Terra do Nunca. Parece difícil acreditar, mas essas sete bandas lideradas por mulheres tocavam nas rádios e ocupavam posição de destaque em todas as mídias.

Mais de dez anos depois, por onde andam Claudia Gomes, Bianca Jordão, Paula Marchesini, Megh Stock, Andrea Martins? O tempo mostra que, definitivamente, é difícil viver de rock ou pop no Brasil, sobretudo quando se é mulher. A guerreira Pitty foi uma das poucas que conseguiram se manter no mercado e carimbar uma permanência na calçada da fama brasileira.

Megh Stock (Luxúria) continua na ativa, agora com carreira-solo e um som bem mais leve, muito próximo do blues, a cantora segue com sua turnê por todo o país. Paula Marchesini (Brava) mudou-se para os Estados Unidos e lançou no ano passado um disco todo em inglês, ainda mais introspectivo que de sua época de banda.

Bianca Jhordão (Leela), depois de incursionar como apresentadora de tevê, voltou à ativa com o Leela recentemente e tem show marcado para o dia 10 de março. Claudia Gomes (Vega) agora integra a The Soundtrackers, banda que toca trilhas sonoras de filmes. Já Andrea Martins (Canto dos Malditos na Terra do Nunca) também seguiu carreira-solo, entretanto voltou recentemente com sua banda inicial a fazer shows já neste ano. Se você não conhece nenhuma das citadas, minha recomendação é: escute já! Se você já conhecia, fica a dica, muitas delas estão de volta à ativa!

Outros posts deste autor
Plantão Policial: tragédia em Assistência, roubo de veículo, ato infracional
Plantão Policial: roubo de malote, flagrante embriaguez, furto no Lago Azul
Plantão Policial: flagrante de tráfico de drogas, furto, roubo
Mais Amado Batista e menos Anitta
A verdadeira rainha do rock

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

JCblogs Produzido por Gabriel Ferrari Mariano