Samia Dias

Atendimento e Criação: eles se entendem?

Hoje minha coluna vai ser um pouco diferente. Vou falar sobre publicidade, aliás é sobre isso que venho debater aqui e compartilhar um pouco do conhecimento que tenho. Porém, farei isso em forma de agradecimento a agência de propaganda LR Marketing que muito me auxiliou para o meu crescimento pessoal e profissional.

Trabalhei na agência como gerente de contas durante 2 anos (2012 – 2014), exercendo um papel muito difícil, vivenciado por todas as agências do mundo: integrar os departamentos de atendimento e criação e relacionamento com os clientes.

O papel difícil exercido é o primeiro, no qual é preciso fazer com que o atendimento entenda o papel desempenhado pela equipe de criação e vice e versa, e lá na LR Marketing não é diferente das demais agências, mas posso dizer que tive a experiência de buscar esse entendimento.

Não é nada fácil e vocês vão entender o porquê.

Atendimento

atendimento

O papel do profissional de atendimento numa agência de propaganda é buscar informações junto ao cliente do que ele deseja fazer com seus produtos e/ou serviços e mostrar a ele o caminho e técnicas adequados para que ele alcance seus objetivos.

Esse profissional deve ter conhecimento amplo e estar antenado a tudo. Conhecimentos gerais não devem faltar jamais, porque os clientes são exigentes e não conversam somente sobre suas empresas.

Além disso, os conhecimentos das técnicas de propaganda, publicidade e marketing devem estar sempre afiadas e a busca pelas inovações devem ser constantes. Isso porque este profissional deve sempre apresentar inovações aos clientes que atende.

Ok, mas o que o profissional de criação tem a ver com isso? É ele quem vai receber a informação coletada no cliente. Assim, o profissional de atendimento deve saber transmitir esta informação de maneira clara, objetiva e sem ruídos. Posso dizer que esta não é uma tarefa fácil, mas o exercício deve fazer com que ele sempre esteja atento às informações que deseja destacar e que são relevantes ao cliente.

Criação

criação

O trabalho exercido por este profissional também não é dos mais fáceis, mas é fascinante.

Da mesma forma que o profissional de atendimento deve estar antenado com as inovações, o profissional de criação também deve estar, porém, de uma maneira diferente. Ele deve saber o que é tendência em layouts publicitários, deve ter conhecimento sobre artes e estética.

A vivência também é fundamental, porque ela faz com que ative a criatividade e favorece a possibilidade de oferecer algo diferente e nunca pensado por qualquer outro profissional de sua área.

Não é tarefa fácil, porque ele não desenvolve um layout por dia e não pensa num único cliente. A pressão vinda do departamento de atendimento é constante e é exigido agilidade, competência e profissionalismo o tempo inteiro.

E a chave da questão numa agência de propaganda é ter que entender, muitas vezes, a informação transmitida pelo profissional de atendimento que não foi transmitida de maneira adequada. Não por preguiça ou por falta de conhecimento, mas simplesmente por acreditar que a informação transmitida é suficiente para uma boa criação.

A Integração

É aí que entra o fator principal.

A pressa, a correria, o dia-a-dia de uma agência não é fácil para os dois lados, porém, é necessário fazer com que tanto o profissional de atendimento quanto o profissional de criação saibam a importância que cada um tem ali dentro.

Reuniões constantes entre os departamentos são fundamentais. Além disso, é necessário mostrar aos dois departamentos que as informações devem ser feitas com clareza e objetividade para que o cliente possa entender o caminho que foi dado a cada peça publicitária.

É o exercício do trabalho em equipe no cumprimento de prazos com o exercício do trabalho de excelência.

Lá na LR Marketing, pude por em prática o trabalho da integração. Muitas vezes não deu certo, em outras o sucesso foi alcançado. E esse mérito eu faço questão de compartilhar com todos do departamento de Atendimento e de Criação.

Sem o comprometimento e envolvimento da equipe não alcançaríamos o sucesso. Claro que não posso deixar de lado o apoio que tive do Leonardo Raposo, que sempre acreditou no meu trabalho e me deu carta branca para exercer minha função.

Aprendi muito na LR Marketing, atualização de conhecimentos técnicos, a prática da profissão, o relacionamento com pessoas e com clientes, crescimento pessoal e o aprimoramento do trabalho em equipe.

Deixo aqui o meu muito obrigado a todos que contribuíram para o meu crescimento.

Outros posts deste autor
Você sabe o que seu consumidor quer?
Omni-channel, como fazer e por que fazer?
Tenha sucesso com sua equipe de vendas
Ser lembrado é o suficiente?
Viva a experiência!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

JCblogs Produzido por Gabriel Ferrari Mariano