Gilson Santullo

Assaltante agride grávida em roubo

 

A Polícia Militar de Rio Claro registrou roubo em padaria às 15h15 de sexta-feira (7 de outubro) na Avenida 61 no bairro Cidade Jardim. Uma das vítimas foi grávida de 5 meses, agredida por assaltante com coronhada.

A primeira vítima foi a comerciante de 44 anos, estava no balcão e acabou rendida por dois assaltantes magros e com botina, um deles alto e seu comparsa, baixo com tatuagem e com arma de fogo.

A dupla de ladrões obrigou as vítimas a ficarem atrás do balcão, roubaram R$ 300,00 do caixa, a moto da funcionária da padaria, Honda CG-125 de cor vermelha, ano 2011, placa de Rio Claro e dois celulares, um de cliente de 51 anos e o aparelho celular da grávida agredida.

Roubo na Vila Aparecida

Roubo de motocicleta foi registrado às 21h25 de sexta-feira na Avenida 28 na Vila Aparecida, próximo do Lago Azul. A vítima foi o motorista de 43 anos, rendido em frente a sua residência no bairro. Dois assaltantes brancos com moto Lander azul, um deles com arma de fogo, roubou a Yamaha preta XT 600, ano 2001 e fugiu para direção da Avenida 28 com Rua 2-A na Vila Aparecida.

Motos apreendidas

A Polícia Militar apreendeu duas motos Honda às 2h05 da madrugada neste sábado (8 de outubro) em frente de casa de eventos na Estrada Velha Rio Claro/Ipeúna, próximo da Chácara Bom Retiro, região rural.

A moto Honda CG-125 Titan prata, ano 2002, placa DEO-3281 é produto de furto e a moto branca foi apreendida pelos policiais, através do serviço de guincho até a delegacia no plantão na Rua 12 com Avenida Saudade da Polícia Civil.

Honda Civic no Jardim Novo I

Honda Civic cinza, placas DSO-6006 de Rio Claro, foi localizado pela Polícia Militar às 7h55 da manhã de sexta-feira na Rua 2 no Jardim Novo I em Rio Claro. O carro é produto de furto no dia 28 de setembro neste ano. O veículo estava com as portas travadas e o proprietário encontra-se no Estado de Santa Catarina.

Morte em Rio Claro

Caso de morte aconteceu no início da manhã de sábado em Rio Claro. Trata-se de caso isolado, não é homicídio. O corpo foi encaminhado ao IML (Instituto Médico Legal) do Necrotério Municipal de Rio Claro, na Avenida da Saudade, para exame do legista.

Outros posts deste autor
Ocorrências: corrupção, violência doméstica e furto
Ocorrências: acidente de trabalho, flagrante de roubo e ameaça
Ocorrências policiais: veículos furtados, extorsão e estelionato
Ocorrências: furto, roubo e ameaça
Ocorrências: roubo, furto e tráfico

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

JCblogs Produzido por Gabriel Ferrari Mariano