Gilson Santullo

Notícias policiais: roubo, violência doméstica e acidente de trânsito

Roubo no Distrito Industrial

A Polícia Militar de Rio Claro atendeu ocorrência de roubo em estabelecimento comercial às 20h50 de quinta-feira (30), no Distrito Industrial.
A vítima foi uma mulher de 31 anos, que estava no banheiro da empresa e ao sair, acabou rendida por três assaltantes com capuz.
O indivíduo que estava armado apontou o revólver para a vítima e trio roubou celular no local.
Os ladrões levaram celulares da empresa e demais materiais do estabelecimento comercial.

Averiguação de suspeito com arma

A Polícia Militar fez averiguação de ocorrência, onde recebeu informação de provável suspeito com arma de fogo na noite de quinta-feira (30), no Bairro do Estádio e próximo do endereço haviam máquinas caça-níqueis.
Os policiais encontraram o dono de um estabelecimento comercial ao fechar as portas às 21h15. As máquinas foram apreendidas.

 

Flagrante de violência doméstica

Um homem de 33 anos foi detido pela Polícia Militar no caso de flagrante de violência doméstica, na quinta-feira (30), no bairro Mãe Preta, região leste de Rio Claro.
A vítima foi uma mulher de 31 anos, que teria sido agredida pelo averiguado.
A mulher informou aos policiais que às vezes era obrigada a ficar trancada na residência.

Condutora de Uno relata sua versão em acidente

Acidente de trânsito com vítima aconteceu na manhã de quarta-feira (29), na Rua 7 com Avenida 6, região central de Rio Claro.
Dois veículos se envolveram no acidente, um Gol branco e Fiat Uno prata.
A motorista do Fiat Uno contestou a versão da motorista do Gol.

Uma das partes envolvidas no acidente foi uma bancária de 28 anos.
Segundo relato, ela conduzia o Gol branco, ano 2013, no sentido centro para bairro e no cruzamento da Avenida 6 parou na sinalização para fazer travessia. Neste momento, um Fiat Uno estaria em alta velocidade e ocorreu a colisão.

O Fiat Uno prata, ano 2014, era dirigido no sentido bairro, por uma mulher, segundo ocorrência. A condutora do Fiat Uno foi socorrida na Unidade de Resgate até hospital e informou para reportagem que a motorista do veículo Gol é quem teria atravessado o PARE na Rua 7.
Na versão da condutora do Fiat Uno, ela seguia no sentido centro para bairro na Avenida 6, onde não tem PARE, é preferencial.

Outros posts deste autor
Ocorrências: corrupção, violência doméstica e furto
Ocorrências: acidente de trabalho, flagrante de roubo e ameaça
Ocorrências policiais: veículos furtados, extorsão e estelionato
Ocorrências: furto, roubo e ameaça
Ocorrências: roubo, furto e tráfico

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

JCblogs Produzido por Gabriel Ferrari Mariano