Horta de Rio Claro pode virar referência estadual

465

Impressionado com a Horta Solidária de Rio Claro, o secretário de estado de Desenvolvimento Social, Gilberto Nascimento Jr, quer levar o exemplo rio-clarense para outras cidades do estado de São Paulo. “O projeto é sensacional e vou falar dessa iniciativa ao governador”, afirmou, durante visita ao município na quinta-feira (30). Nascimento foi recebido pelo prefeito João Teixeira Junior, o Juninho da Padaria, e pela secretária municipal do Desenvolvimento Social, Érica Belomi. “O reconhecimento à Horta Solidária muito nos orgulha, pois se trata de uma iniciativa que tem o objetivo de acolher, dar oportunidade de emprego, alimentar famílias e transformar vidas”, comenta Juninho.

O secretário estadual também conversou com pessoas que têm na Horta Solidária oportunidade de trabalhar no local e receber capacitação profissional.  “Pude ver no brilho dos olhos uma amostra da mudança para melhor na vida dessas pessoas”, disse. “Esse é o fundamento da boa política pública, ajudar as pessoas a mudarem de vida”.

De acordo com a secretária do Desenvolvimento Social de Rio Claro, a Horta Solidária, que começou no ano passado com 12 canteiros, agora tem 50 e produz mais de uma tonelada de verdura por mês. Além disso, soma 250 vagas para pessoas em situação de rua e de vulnerabilidade social, atendidos por meio do programa Nova Vida. “Os alimentos produzidos pela horta são destinados ao Banco de Alimentos, que faz a distribuição às famílias necessitadas”, explica.

Em pouco tempo a Horta Solidária se tornou referência para outros municípios. Neste mês equipe da prefeitura de Matão esteve em Rio Claro para obter informações sobre funcionamento do projeto, para criação de similar naquela cidade.

A Horta Solidária foi implantada pela prefeitura de Rio Claro em parceria com a Udam, Instituto Federal de Educação de São Paulo (IFSP), Instituto Viver e Conviver (IVC) e Universidade Estadual Paulista (Unesp). Além do imenso ganhou social para o município, a iniciativa pôs fim a um problema que se arrastava há anos, já que a horta foi feita em área que gerava reclamações pela quantidade de lixo que ali era jogado e pela insegurança que causava aos vizinhos.

DEIXE UMA RESPOSTA