Sobem casos de homicídios em janeiro de 2016; relembre

101

Lucas Calore

O ano de 2016 começou há um mês e o setor policial de Rio Claro já registrou cinco casos de homicídio no município. Vale lembrar também que há o caso de um corpo localizado no Rio Corumbataí, no Bonsucesso, mas que a polícia investiga se foi execução.

>>> Rio Claro é mais violenta que outras cidades de porte similar; confira gráfico

De acordo com a Secretaria da Segurança Pública do Estado de São Paulo, no mês de janeiro de 2015 foram quatro mortes. Levando em consideração todo o período do ano passado, foram 16 homicídios. Em 2014, 38 casos de assassinatos em Rio Claro.

RELEMBRE CASOS DE JANEIRO

Dia 10

O primeiro homicídio de 2016 aconteceu dia 10 de janeiro, quando Kaio William Alves dos Santos, de 20 anos, foi assassinado com quatro tiros. Kaio foi executado por volta das 22h15, na Rua 6 com a Avenida M-43, no bairro Jardim Progresso.

Dia 17

Edervane Moreira, de 31 anos, foi assassinado com 10 disparos de arma de fogo, sendo atingido na cabeça, costas, ombro, perna e bacia, enquanto estava em um bar na Rua 9, com a Avenida M-43.

Dia 22

Alex Henrique Sebastião, de 17 anos, morador no Jardim Guanabara II, foi encontrado morto com lesões provocadas por tiros nas costas, braço, rosto e peito, pela Guarda Civil Municipal, no dia 22 de janeiro, na Avenida 14, no Jardim Novo II.

Dia 23

Um homem de 55 anos foi amarrado de ponta-cabeça e agredido até a morte no bairro Jardim Boa Vista na noite de sábado (23) para domingo (24). A vítima supostamente teria abusado sexualmente de uma menina de 4 anos de idade.

Dia 29

Daniel Cristiano Augusto, de 22 anos, morreu dentro de um bar, após tentar fugir de tiros no bairro Jardim São João, na região do Cervezão.

Qual sua opinião? Deixe um comentário: