Furacão Irma: rio-clarenses relatam atual situação

1658

Lucas Calore

A previsão de chegada do Furacão Irma ao Estado da Flórida, nos Estados Unidos, nas próximas horas deixou a comunidade internacional em alerta. Em Orlando, município com grande presença de brasileiros, a rio-clarense Adriana Cyrino da Silva Zaia conta que a situação está calma, no entanto, os moradores já se preparam para a vinda do fenômeno.

Depoimentos

“Estão todos se programando, pois há a possibilidade de na última hora ele desviar. Antes estava previsto para passar numa categoria 5 e já baixou para 3. As pessoas não estão desesperadas, mas também aqui se trabalha muito com a precaução. Não tivemos alertas para sair de casa, mas sim recomendações para fazer estoque de água, de enlatados, ter kit de primeiros socorros, lanterna, velas”, comenta.

A empresária de Rio Claro reside naquela região desde o mês de março com a sua família. “Os supermercados estão vazios no que diz respeito à água [potável], os alimentos perecíveis estão desfalcados e postos de gasolina estão lotados. Tudo de forma tranquila e ordenada, não tem ninguém desesperado, estou calma e minha família também. O que se espera é uma chuva com ventos fortes e talvez falta de energia elétrica, no entanto, nada muito ‘destruidor’”, disse Adriana.

O casal de rio-clarenses Mili e Rafael Pavan saiu de Miami (EUA) na noite dessa quarta-feira (6).  “Antecipamos a saída, pois amanhã [quinta, dia 7], estará tudo fechado. A perspectiva é que o furacão chegue no sábado ou domingo, o pessoal está bastante apreensivo. O epicentro deslocou mais para o sentido de Miami. Está havendo uma corrida aos supermercados e postos de gasolina. É um pouco assustador, o estrago pode ser grande”, finaliza Rafael.

Qual sua opinião? Deixe um comentário: