FMS acompanha caso de morte

4517

A Fundação Municipal de Saúde informou nessa quarta-feira (4) que a Vigilância Epidemiológica de Rio Claro está acompanhando o caso de um paciente homem, que morreu ontem em um hospital particular do município. A suspeita de parentes é que a pessoa tenha falecido por decorrência do vírus Influenza H1N1.

De acordo com a FMS, exames foram realizados e material genético foi recolhido para enviar a um instituto que poderá indicar a causa mortis. Até o momento, não há um exame conclusivo que indique o vírus como motivo da morte. O resultado deve ficar pronto em 30 dias.

H1N1

As autoridades de saúde do município reforçam o alerta sobre estados gripais e a necessidade da população procurar ajuda médica quando apresentar os sintomas de febre, tosse, dor de garganta, dor de cabeça e dores no corpo. Existe o agravamento do quadro clínico quando a pessoa observar dificuldades respiratórias.

Prevenção

A Vigilância Epidemiológica orienta a população sobre os procedimentos que devem ser adotados durante o frio, período que favorece a incidência de casos gripais: evitar aglomerações e ambientes fechados, cobrir sempre o nariz e a boca ao tossir ou espirrar (usar lenços descartáveis ou proteger com o braço), não compartilhar alimentos, copos e manter uma boa alimentação.

Qual sua opinião? Deixe um comentário: