Feena sedia treino militar no sábado

54

Fabíola Cunha

A cada dia de treinamento dificuldade será aumentada e exercícios modificados de acordo com a evolução do participante
A cada dia de treinamento dificuldade será aumentada e exercícios modificados de acordo com a evolução do participante

Uma combinação de exercícios derivados de gêneros diversos, como o Cross Fit e Cross Country, realizados ao ar livre, dentro da Floresta Estadual Edmundo Navarro de Andrade (Feena), compõe o treinamento militar que começa a ser realizado neste sábado, dia 24, a partir das 8h.

Organizador do treino, o educador físico Guilherme Pizzirani explica que a modalidade passará a ser oficial em 2015 pela Confederação Brasileira de Atletismo: “Por isso estamos saindo na frente, organizando essa primeira equipe e buscando formar o time que representará a cidade em futuras competições”, explica.

Segundo ele, o treino é dividido em duas partes: na primeira os participantes cumprem série de exercícios específicos. Na segunda, após reconhecerem o terreno, percorrem entre 2 e 5 km, de acordo com seu condicionamento físico. A cada dia de treinamento, essa divisão será respeitada, porém aumentando gradualmente a dificuldade e alterando os exercícios de acordo com a evolução.

Como toda prática física não altera apenas o físico, mas também emocional e mental, a prática “faz com que o participante tenha maior autoconfiança nas tarefas do dia a dia, dessa forma seu poder de afirmação e decisão aumenta consideravelmente”, relata Pizzirani.

Ele destaca também que o treinamento militar não inclui a rigidez e a agressividade normalmente relacionadas ao contexto do militarismo, mas avisa: “O aluno não terá moleza durante o treino, tentarei extrair de cada um o seu máximo da mesma forma que faço com os atletas da equipe de atletismo da cidade e da seleção brasileira”, pontua. Os interessados não precisam estar no topo da cadeia do condicionamento físico, não havendo restrições a peso ou faixa etária. Pizzirani informa que o encontro da turma será no estacionamento da Feena, seguindo então para os arredores do lago. Para mais informações, ele disponibiliza o e-mail guilhermepizzirani@yahoo.com.br.

Qual sua opinião? Deixe um comentário: