Morre aos 100 anos, engenheiro Rubens Foot Guimarães

225

Antonio Archangelo

Engenheiro Rubens Foot Guimarães e esposa.
Engenheiro Rubens Foot Guimarães e esposa.

Em nota, a Organização Social de Luto “João de Campos” informou nesta quinta-feira (14) o falecimento do engenheiro Rubens Foot Guimarães aos 100 anos.  Foot deixa a viúva Maria Aparecida Coelho Foot Guimarães e os filhos Elizabete, Luciana, Rubens e cinco netos.

O seu sepultamento dar-se-à as 17h desta sexta-feira, 15 de agosto, no cemitério Parque das Palmeiras.

Rubens Foot Guimarães no Horto e Escola Agrícola

Nascido em 1913 em Jundiaí, o aposentado veio para a região estudar na Faculdade de Agronomia Luiz de Queiroz em Piracicaba. Depois, veio para Rio Claro trabalhar no Horto Florestal, onde atuou por 35 anos seguidos sendo patrono da Escola Municipal Agrícola de Rio Claro.

Em sua atuação no Horto, Rubens sempre se recordava que sua função principal era trabalhar no serviço de genética ou melhoramento do eucalipto, selecionando as melhores árvores e delas colhendo as sementes não só para venda, como para uso do próprio horto. “Rio Claro ficou sendo o berço de fornecimento de sementes de eucaliptos de várias espécies selecionadas, sementes essas que tiveram grande importância nos programas de reflorestamento pelo eucalipto, não só em Rio Claro, como em outros hortos florestais da Fepasa”, explica, lembrando que a Fepasa possuía 18 hortos em diversas cidades.

Mais informações na edição impressa do Jornal Cidade.

Qual sua opinião? Deixe um comentário: