Estradas e pontes são obstáculos na zona rural

219

Lucas Calore

Os dias de chuva complicam a vida dos moradores e de quem passa pela zona rural. Isso porque muitas estradas não estão asfaltadas, o que resulta em grande volume de barro, fazendo com que os veículos fiquem atolados.

Sobrado

Situação desse tipo ocorre na conhecida Estrada do Sobrado. Anderson F. do Carmo passa diariamente por ali. Ele trabalha em uma empresa de materiais para construção, então dirige o caminhão que transita pela via várias vezes ao dia. O trabalhador diz que o ideal é fazer asfalto ou, no mínimo, colocar cascalho para evitar atolamento. “É complicado. Há vezes em que o caminhão não sobe por causa da lama. Quando o veículo é acima de dois eixos não passa de jeito algum”, relata. Já o senhor Fernando A. de Campos, que reside num sítio ao lado da estrada, diz que o problema existe há décadas. “Quando chove é uma desgraça, tem que asfaltar logo”, reclama.

Na foto enviada por leitora, ponte que passa sobre o Rio Corumbataí na região do Distrito de Batovi
Na foto enviada por leitora, ponte que passa sobre o Rio Corumbataí na região do Distrito de Batovi

Batovi

Já no Distrito de Batovi, além da estrada também sem asfalto, o problema maior é a ponte sobre o Rio Corumbataí. Michele Almeida teme pelo pior. “Está uma vergonha [a situação da ponte]. Precisa ser reformada urgentemente, senão ela vai acabar caindo”, afirma.

E aí, Prefeitura?

Questionada, a administração municipal diz que a Estrada do Sobrado voltará a receber o serviço de melhorias assim que as demais forem atendidas. O trabalho inclui o uso de materiais como cascalho ou sobras da construção civil para deixar o solo em melhores condições de tráfego.

Qual sua opinião? Deixe um comentário: