Espaço Mais Saúde tem 430 agendamentos na semana que antecede o Natal

147

Mesmo com a aproximação das festas de fim de ano a prefeitura de Rio Claro mantém ritmo intenso de atendimento no Espaço Mais Saúde. Nesta semana, que antecede o Natal, quase 430 consultas e exames estão agendados no complexo médico-hospitalar montado na região central para reduzir a fila de espera na rede pública municipal de saúde.

Nesta segunda-feira (18) a programação previa a preparação de 20 pacientes para exame de colonoscopia. Para a terça-feira (19) estão agendados 60 pacientes para consulta com o ortopedista

Na quarta-feira (20) 20 pacientes estão agendados para realização de exames de endoscopia digestiva alta e 30 terão consulta com médico vascular. Ainda nessa quarta-feira, 20 pacientes têm horário marcado para consulta com o cardiologista do Espaço Mais Saúde.

Na quinta-feira (21) 10 pacientes foram agendados para a realização de cirurgias vasculares, e mais 20 que já passaram por essa cirurgia no Espaço Mais Saúde têm retornos agendados para a avaliação do especialista. Também para essa quinta-feira estão marcados exames de ultrassonografia em 120 pacientes.

Na sexta-feira (22), mais nove pacientes tem agendamento para exames de colonoscopia e outros 120 estão agendados para exames de ultrassom.

O cronograma estabelecido pela Secretaria Municipal de Saúde, prevê que o atendimento no Espaço Mais Saúde retornará no dia 26 de dezembro.

De acordo com a pasta municipal da Saúde, a partir de janeiro serão incluídas novas especialidades no atendimento do Espaço Mais Saúde, onde são atendidos pacientes na fila de espera por consultas, exames e cirurgias de média e pequena complexidades. O agendamento desses pacientes é feito pela Central de Regulação Ambulatorial do SUS em Rio Claro, que chama os pacientes por telefone.

A prefeitura reforça a orientação para que os pacientes não faltem às consultas no Espaço Mais Saúde. Desde que o atendimento teve início, em setembro, três em cada dez pacientes, em média, faltam às consultas, o que atrapalha o trabalho e tira o lugar de pessoas que precisam de atendimento.

Qual sua opinião? Deixe um comentário: