Espaço Mais Saúde realiza exames de ecocardiograma neste sábado

248

O Espaço Mais Saúde, em Rio Claro, iniciou às 8 horas deste sábado (16) o atendimento a pacientes que aguardavam na fila de espera do SUS (Sistema Único de Saúde) por exames de ecocardiograma.

Um horário especial de atendimento foi estabelecido para garantir o atendimento a todos os pacientes agendados, um total de 80 pacientes.

“O Espaço Mais Saúde já é uma referência em todo o Estado. Somos a primeira cidade do interior a implantar o serviço e desde 2017, inicio do nosso governo já foram mais de 33 mil atendimentos. Tiramos as pessoas da fila de espera e damos atendimento de qualidade, humanizado e eficiente”, comentou o prefeito João Teixeira Junior.

Dados contabilizados pela Fundação Municipal de Saúde, por meio da Central de Regulação do SUS em Rio Claro mostram que pelo menos sete filas já foram zeradas em pouco mais de um ano da implantação do Espaço Mais Saúde. Assim já não há mais longa espera em consultas em otorrinolaringologia, vascular, ortopedia, dermatologia, avaliação para cirurgias de catarata e pterígio. Entre os exames cujas filas de espera já foram zeradas estão os exames de ultrassom abdominais, muscular superior, escrotal e pélvico e também exames de ultrassom Doppler. Todas essas modalidades que foram zeradas atendem agora o agendamento de pacientes com agendamento de entrada semanal.

“Vale destacar que o Espaço Mais Saúde, além do excelente atendimento prestado trabalha de forma perfeitamente integrada com as Unidades Básicas de Saúde e Unidades de Saúde da Família da nossa Rede Municipal, e também da nossa Central de Regulação que faz o controle e agendamentos dos atendimentos”, afirmou o secretário de Saúde, o médico José Badra Neto.

Os custos de todos os procedimentos são pagos pelo município de acordo com a tabela de procedimentos do SUS, estabelecida pelo Ministério da Saúde, que representam quase R$ 4 milhões em investimentos com recursos municipais.   A Câmara de Vereadores também colaborou com o programa ao devolver sobra do repasse financeiro que recebe da prefeitura.

Qual sua opinião? Deixe um comentário: