Escola Adventista doa roupas e alimentos ao Fundo Social

337

O Fundo Social de Solidariedade de Rio Claro recebeu na segunda-feira (13) doação de 700 quilos de alimentos entregues pela Escola Adventista de Rio Claro. A arrecadação foi feita pelos alunos a partir de atividade proposta pela escola.

“As doações são muito importantes para atendermos famílias carentes e ficamos muito felizes em recebê-las, principalmente por vermos as crianças, mesmo as menores, empolgadas em ajudar o próximo, num aprendizado que prega a solidariedade e a importância de se fazer o bem”, destacou Paula Silveira Costa, presidente do Fundo Social.

Os alimentos foram arrecadados durante a gincana das cores, em que os alunos se mobilizaram para conseguir as doações, que incluíram itens de vestuários. Quatrocentas peças foram arrecadadas. “Despertar nas crianças o comportamento solidário é fundamental para que tenhamos adultos melhores e decididos a trabalhar pelo social e o envolvimento das famílias, como aconteceu nesse caso, é fundamental”, observou o prefeito João Teixeira Junior, o Juninho da Padaria.

Os cerca de 350 alunos da escola, do maternal ao nono ano, participaram da gincana, que teve no sábado (11) atividade de encerramento no Ginásio de Esportes. “Todo o processo, desde a mobilização das crianças, incluindo o comprometimento dos pais, foi muito satisfatório e o mais importante é o ato de incentivar nas crianças a solidariedade”, frisou o diretor José Pinheiro, acrescentando que a opção por encaminhar as doações ao Fundo Social se deu por sua credibilidade. “Sabemos que darão destinação adequada aos itens, fazendo com que cheguem a quem realmente precisa”, finalizou.

Para a participação na gincana os alunos foram divididos entre as equipes verde, amarela, vermelha e azul em uma competição em que todos saíram ganhando. “Os alunos se envolveram muito e desde o início tiveram consciência da importância do que estavam fazendo”, disse a professora Kalita da Rosa. As crianças ajudaram e se divertiram com a atividade proposta. “Eu pedi ajuda para o meu pai, tios e avós e foi muito legal”, disse a pequena Luana Gama, do terceiro ano. Já Manuela Cunha do infantil contou empolgada do pacote de bolachas e outros itens que havia doado, assim como Ana Beatriz Maia, que arrecadou feijão e outros alimentos.

“Esse é um aprendizado que incentiva o crescimento do aluno e tem muito a acrescentar na vida de cada um, especialmente no desenvolvimento da cidadania”, afirmou Solange Crivilin Alves, coordenadora pedagógica.

Alimentos e roupas recebidos serão destinados ao trabalho social realizado pelo Fundo Social com famílias carentes.

DEIXE UMA RESPOSTA