Entenda as doenças da retina

299

Dr. Iuuki Takasaka –CRM. 124.621

Iorc Instituto de Olhos de Rio Claro

As alterações na retina, principalmente da região central chamada mácula, estão entre as principais causas de baixa visão e cegueira no mundo.

A mácula é a área responsável por dar definição, nitidez e capacidade de leitura. Doenças como degeneração macular relacionada à idade (DMRI), retinopatia diabética e oclusões vasculares retinianas, entre outros, atingem essa área tão importante do nosso olho, dificultando as pessoas de enxergarem e diminuindo a qualidade de vida, principalmente em pessoas com idade mais avançada.

Antigamente, essas alterações eram tratadas com laser, porém o resultado não era satisfatório, pois muitas vezes não havia melhora na visão.

Nas últimas décadas, com avanço dos estudos, foram descobertas medicações chamadas antiangiogênicos. Essas medicações foram desenvolvidas para uso intraocular e em casos indicados, há estabilização do quadro e melhora da acuidade visual.

Na prática clínica atual, os antiangiogênicos são as principais indicações para tratamento de DMRI, forma exsudativa, edema macular diabético e edema macular secundário a oclusões venosas.

O diagnóstico precoce e início do tratamento adequado dessas alterações podem, hoje em dia, evoluir com boa resposta e atingir uma visão final satisfatória.

DEIXE UMA RESPOSTA