Em RC mais de 9.200 crianças foram vacinadas contra pólio e sarampo

138

Com encerramento oficial marcado para essa sexta-feira (14), a campanha de vacinação contra a poliomielite e o sarampo superou as expectativas em Rio Claro. Dados contabilizados pela Secretaria Municipal de Saúde, por meio da Vigilância Epidemiológica, mostram que desde o início da campanha, em 4 de agosto, foram aplicadas 18.441 doses, sendo 9.272 da vacina contra a poliomielite e 9.169 contra o sarampo. Ainda nesta sexta-feira (14) as vacinas contra a pólio e sarampo estão disponíveis em Rio Claro.

Os números mostram que Rio Claro vacinou 103% das crianças que precisavam tomar as vacinas no município, ultrapassando a recomendação do Ministério da Saúde, que era de se vacinar pelo menos 8.492 crianças, ou seja, 95% das 8.939 doses determinadas como meta pelo governo federal.

“Esse resultado mostra que os pais estão conscientes da necessidade da vacinação de seus filhos e ajudaram Rio Claro a ser referência nesse assunto”, comenta o prefeito João Teixeira Junior, o Juninho da Padaria, destacando o empenho da Vigilância Epidemiológica.

“Esse foi mais um bom trabalho da Saúde, com um amplo trabalho de conscientização dos pais para a importância de vacinarem seus filhos, fazendo de Rio Claro destaque nas campanhas de vacinação”, salienta o secretário municipal de Saúde, Djair Francisco.

O foco da campanha de vacinação deste ano são as doses contra a poliomielite e contra sarampo, para crianças de 1 ano a 4 anos, 11 meses e 29 dias. A vacina tetra viral (contra sarampo, caxumba, rubéola e varicela) está sendo aplicada apenas em crianças de um ano e três meses.

Os adultos que possuem apenas uma dose ou nenhuma da vacina tríplice viral devem procurar uma das unidades de saúde de Rio Claro para a atualização da carteira de vacina. A aplicação dessa vacina em adultos é feita regularmente nos postos de vacinação de Rio Claro durante todo o ano.

Os endereços das Unidades Básicas de Saúde e de Saúde da Família com os postos de vacinação podem ser acessados na internet pelo link www.saude-rioclaro.org.br/enderecos. Mais informações podem ser obtidas na Vigilância Epidemiológica pelo telefone 3532-3793.

DEIXE UMA RESPOSTA