Em Araras, Polícia apreende aves e aplica mais de R$ 163 mil em multas

388
Ramon Rossi

A Polícia Ambiental realizou um flagrante de prática de maus tratos em introdução de espécie exótica na cidade de Araras. Os agentes apreenderam 45 aves silvestres em uma residência no Jardim Cândida no fim de semana. Conforme o registro policial, devido aos crimes, foram aplicadas multas que totalizaram R$ 163.800,00 aos autores.

Ao chegaram ao local, foram constatados a existência de aves da fauna exótico-doméstica, sendo elas: 2 Ring Neck, 6 Canários do Reino, 28 Periquitos Australianos, 7 Calopsitas e 2 Codornas – mantidas em ambiente insalubre e desprovidas de cuidados veterinários, configurando um cenário de maus tratos conforme laudo emitido pela veterinária que acompanhou a ação, Fernanda Senter Magajevski.

Diante dos fatos, foram elaborados três Autos de Infração Ambiental por violação dos artigos 26 e 29 da Resolução SMA 48/14 e será apurada a responsabilidade penal nos termos da Lei Federal 9605/98, cabendo ainda salientar que as aves citadas foram apreendidas e levadas ao CRAS Pró-Arara (Centro de Reabilitação de Aves Silvestres), da prefeitura, onde passarão por cuidados veterinários.

Qual sua opinião? Deixe um comentário: