Duas pessoas morrem em SP depois de tomar vacina da febre amarela

2066

A orientação da Secretaria Estadual de Saúde de São Paulo é clara: só deve tomar a vacina contra a febre amarela quem está ou for viajar para as áreas de risco. A vacina pode dar reação e além disso existem restrições.

Em São Paulo duas mortes causadas por reação à vacina foram confirmadas pelo secretário municipal da saúde, Wilson Pollara. Uma das vítimas é professora e tem 76 anos. De acordo com um familiar, Mônica Welkers não teria recebido nenhuma orientação no posto de saúde de que não deveria tomar a vacina pela idade. A segunda morte é de um homem que não teve a identidade divulgada.

Vacina não é recomendada para quem tem mais de 60 anos

Idosos que estão na área de risco ou forem viajar devem passar por uma avaliação médica antes de tomar a vacina da febre amarela. O principal objetivo é verificar o estado do sistema imunológico. Algumas pessoas podem desenvolver após a imunização um quadro tão grave igual ao da febre amarela.

Qual sua opinião? Deixe um comentário: