Dívida de R$ 100 resulta em homicídio

86

Carine Corrêa

A Polícia Civil de Rio Claro investiga a morte de Jaelson Vieira da Silva, 23 anos – morto a facadas na noite dessa quarta-feira, dia 26 de novembro – como o “acerto” de uma dívida que a vítima teria com o assassino. A equipe de investigadores apura que Jaelson fez uma dívida de R$ 100 para pagar medicamentos ao se envolver em um acidente de trânsito.

Jaelson Silva pagaria o dinheiro nesta sexta (28) para o assassino, mas ele disse que precisaria do dinheiro para essa quinta (27) e, por isso, tirou a vida do rapaz. A Delegacia de Investigações Gerais (DIG), sob o comando do delegado Alexandre Della Coletta, já trabalha com um suspeito e tenta identificá-lo através de um apelido.

O corpo de Jaelson será levado para o Ceará. Jaelson foi encontrado morto a facadas no quarto de sua residência. As três facadas atingiram seu pescoço, braço e tórax.

Com esta morte violenta, a cidade contabiliza o 42º homicídio em 2014. Não está incluso neste balanço o latrocínio que vitimou um idoso no mês de março no Jardim das Palmeiras.

Qual sua opinião? Deixe um comentário: