Denúncia indica local de desmanche clandestino

140

Da Redação

O desmanche dos carros era feito em uma residência situada na Rua 16-A
O desmanche dos carros era feito em uma residência situada na Rua 16-A

Uma denúncia anônima indicou para as autoridades um ponto de desmanche clandestino de carros roubados no bairro Vila Nova. As informações foram repassadas no sábado, dia 12, por volta das 13h. O desmanche dos carros era feito em uma residência situada na Rua 16-A.

De acordo com as informações repassadas pelo 37º Batalhão da Polícia Militar de Rio Claro, no local os PMs descobriram que o desmanche era dividido em três casas e um barracão.

“Houve a necessidade de guincho e caminhão para levar todo material apreendido para a delegacia. Foram feitas 17 viagens para transportar o material ilícito”, detalha o boletim de ocorrência.

No total foram apreendidos 14 espelhos, uma lixadeira politriz, um maçarico, uma solda elétrica, 49 portas, 16 capôs, 26 laterais, 15 para-lamas, 28 tampões traseiros, 31 rodas de ferro, 22 para-choques, 8 painéis, um sistema de freio, 15 bancos, 12 tanques, 11 escapamentos, uma lateral traseira, 25 acabamentos de plástico interno, 10 chicotes elétricos, 4 tetos, 4 frentes de veículo, 2 eixos traseiros, 3 coletores de ar-condicionado, 30 motores de partida, 1 câmbio sem identificação, uma caixa de som, 3 cilindros de oxigênio, 2 traseiras de veículo não identificadas, 1 botijão de gás e 2 monômetros.

Questionado sobre todos os materiais encontrados, o indiciado J. D. O. confessou a prática ilegal e acabou detido pelos policiais que atenderam a ocorrência.

Confira a matéria na íntegra na edição impressa do JC desta terça-feira (15). Se você é assinante, clique aqui e confira a edição digital. 

DEIXE UMA RESPOSTA