DEM recebeu 15,9 mil votos para vereador em Rio Claro

126

Antonio Archangelo

Já está disponível no site do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) espaço com as informações estatísticas do primeiro turno das Eleições Municipais 2016, realizadas no último domingo (2). Organizados pela Assessoria de Gestão Estratégica do TSE, os números apontam um quociente eleitoral de 5.207,9 votos para eleger o primeiro vereador.

Na prática, significa que as coligações e partidos que não obtiveram esta quantidade mínima de votos não fizeram vereadores para a próxima legislatura.

Na eleição proporcional de Rio Claro, o Democratas – sigla que elegeu o prefeito Juninho da Padaria – teve 15.941 votos válidos para vereador, sendo 2.416 votos na legenda. O partido elegeu cinco nomes para o Legislativo: Val Demarchi, Seron do Proerd, André Godoy, Geraldo Voluntário e Ney Paiva.

O PMDB foi o segundo partido em número de votos para vereador: 10.814 votos, sendo 1.078 votos de legenda. A sigla elegeu três vereadores: Maria do Carmo, Hernani Leonhardt e Pastor Anderson Christofoletti.

O PSDB teve 8.398 votos válidos, sendo 285 votos na legenda, elegendo dois vereadores: Paulo Guedes e Carol Gomes. O Partido Progressista (PP) aparece em seguida com 8.241 votos, sendo 188 votos de legenda. O partido elegeu dois vereadores: Julinho Lopes e Adriano La Torre.

O Partido Trabalhista Brasileiro (PTB) teve 7.375 votos válidos; destes, 137 são votos de legenda. A sigla elegeu: Pereira e Andreeta. A primeira coligação a eleger vereadores foi a do PRB/PR com 7.035 votos, elegendo: Luciano do Bonsucesso (PR) e Irander Augusto (PRB).

A coligação PSB, PTdoB e PTC teve 6.441 votos e elegeu Rogério Guedes e Thiago Japonês, ambos do PSB. A última coligação a eleger vereadores no pleito deste ano foi a do PDT, PPS e PCdoB, com 5.265 votos, elegendo Yves Carbinatti, do PPS. Outras três coligações, além de 5 partidos, não atingiram o quociente eleitoral.

NOMINAIS X LEGENDA

Ainda de acordo com os dados divulgados pelo TSE, em Rio Claro foram 5.776 votos de legenda e 93.174 votos nominais na eleição para o Legislativo, totalizando 98.950 votos válidos no pleito. Participaram do pleito 419 candidatos a vereador. Por outro lado, para o Executivo, foram 94.329 votos válidos, de acordo com os números oficiais divulgados pelo Tribunal.

No gráfico, o total de votos válidos destinados aos partidos ou às coligações na eleição proporcional realizada no último dia 2, domingo:

DEIXE UMA RESPOSTA