Defesa Civil de São Paulo anuncia a ‘Operação Verão’

118

Divulgação

A Defesa Civil do Estado de São Paulo (CEDEC/SP) realiza, na próxima segunda-feira, 23 de novembro, o Lançamento da Operação Verão 2015-216 e o encerramento da Operação Corta Fogo 2015, em todo o território paulista, que simultaneamente figuram como as duas maiores ações de gestão de risco da Defesa Civil Estadual e tem como propósito fundamental a preservação de vidas e a redução de danos humanos, materiais e ambientais.

A Operação Verão vigora entre o próximo dia 1º de dezembro até o dia 31 de março do próximo ano, período no qual são deflagrados os Planos Preventivos de Defesa Civil (PPDCs), específicos para escorregamentos e inundações, com o objetivo de prevenir e mitigar os impactos associados aos eventos típicos do período chuvoso. O PPDC reúne ações integradas entre diferentes órgãos dos governos estadual e municipais e da própria comunidade com o objetivo principal de salvar vidas.

Planos Preventivos

Ao todo, serão operacionalizados nove planos preventivos, que abrangem os 175 municípios mais vulneráveis do Estado, sendo um específico para inundações (Vale do Ribeira, com 17 municípios) e sete para escorregamentos (Região Metropolitana de São Paulo, Vale do Ribeira, Baixada Santista, Vale do Paraíba e Serra da Mantiqueira, Região de Campinas, Região de Sorocaba e Região de Itapeva, com 171 municípios).

Além destes municípios todos os demais são diariamente monitorados e assistidos pela Defesa Civil Estadual.

Desastres Naturais

A fim de otimizar a operação dos PPDCs e o monitoramento dos desastres naturais, o Centro Nacional de Monitoramento e Alerta de Desastres Naturais -CEMADEN, em parceria com a CEDEC/SP e com o Exército Brasileiro, instalaram 706 Plataformas de Coleta de Dados Pluviométricos, conhecidas como pluviômetros automáticos, em 222 municípios, que possibilitará a produção de alertas mais precisos sobre os riscos das cidades, beneficiando diretamente a população.

Qual sua opinião? Deixe um comentário: