Daae já substituiu mais de 10 mil metros de redes

123

Divulgação

Nessa etapa iniciada no final de abril foram substituídos mais de 10 mil metros de novas redes de distribuição de água e 936 ramais de ligação domiciliar
Nessa etapa iniciada no final de abril foram substituídos mais de 10 mil metros de novas redes de distribuição de água e 936 ramais de ligação domiciliar

O Departamento Autônomo de Água e Esgoto (Daae) de Rio Claro continua investindo em obras de infraestrutura e modernização do sistema de distribuição de água de Rio Claro, com o objetivo de reduzir perdas de água, melhorar a pressão e diminuir os custos com manutenção e reparos na tubulação.

Nessa etapa iniciada no final de abril foram substituídos mais de 10 mil metros de novas redes de distribuição de água e 936 ramais de ligação domiciliar. O projeto aprovado no Fehidro 3 – Fundo Estadual de Recursos Hídricos – prevê a troca de 20 mil metros de tubulações e implantação de seis mil metros de linhas de reforço. As valas abertas para passagem da nova tubulação da rede de água são aterradas e, após um período para total compactação da terra, é feito o recapeamento asfáltico do trecho da via.

O departamento de engenharia do Daae, responsável pelo projeto, informa que as obras serão feitas dentro dos setores centro-norte e centro-sul, num quadrilátero que abrange o trecho da Avenida 29 até a Avenida Rio Claro, e da Rua Zero até a Rua 14. O projeto faz parte do programa de setorização do sistema hidráulico do município.

O superintendente Geraldo Gonçalves Pereira destaca a importância da obra para o município. “Nas regiões onde o serviço já foi concluído, diminuíram os riscos de rompimento nas redes de água que chegam às residências”, avalia.

O serviço de troca de rede está sendo feito pelo Daae com mão de obra da empresa Sanit e visa garantir o abastecimento mais eficiente e água de melhor qualidade para a população. A maior parte da tubulação que está sendo substituída tem grande acúmulo de ferrugem, obstruindo a passagem da água e provocando vazamentos.

Problemas de baixa pressão, causados pelos encanamentos antigos que obstruíam a passagem da água, também estão resolvidos nesses locais, além da redução nas perdas de água.

Qual sua opinião? Deixe um comentário: