Eduardo Cunha renuncia à presidência da Câmara dos Deputados

63

Lucas Calore

O deputado federal Eduardo Cunha (PMDB) renunciou à presidência da Câmara dos Deputados nesta quinta-feira (7). Por decisão do Supremo Tribunal Federal, Cunha estava afastado desde o dia 5 de maio. O STF também havia suspendido o seu mandato parlamentar por tempo indeterminado. 

Uma carta onde anuncia a renúncia foi entregue à Secretaria Geral da Mesa. O documento foi endereçado ao presidente em exercício da Câmara, o deputado Waldir Maranhão (PP). Eduardo Cunha é réu em duas ações no Supremo e investigado na Operação Lava Jato.

“Estou pagando um alto preço por ter dado início ao impeachment”, disse Cunha ao justificar a renúncia. Vale lembrar que o processo de impeachment da presidente afastada Dilma Rousseff (PT) teve início sob sua presidência na Câmara dos Deputados.

Qual sua opinião? Deixe um comentário: