Crise atrapalha obras em Itirapina

87

Vivian Guilherme

Os moradores de Itirapina devem esperar um pouco mais pelas 200 casas assinadas em convênio com o CDHU. O prefeito José Maria Cândido esteve no último dia 15 na capital, onde conversou com o presidente da CDHU, Marcos Penido.

“Penido informou que o orçamento anual da CDHU é de R$ 2 bilhões por ano, mas em 2015, até agosto, devido à queda de arrecadação do ICMS, esse valor já foi reduzido em R$ 300 milhões, o que inviabiliza o início imediato das 200 casas em Itirapina e, mais de 13 mil programadas para o Estado inteiro”, explicou o prefeito.

O prefeito assegurou ainda que o presidente disse que as casas em Itirapina “estão na lista número um do órgão”. A previsão é de que a obra seja licitada em fevereiro de 2016, com início programado para o segundo semestre de 2016, caso não aja nenhuma intercorrência no período.

“Significa que, apesar de a Prefeitura ter comprado o terreno e feito o projeto, ou seja, feito a sua parte, essas 200 casas, se iniciadas no segundo semestre de 2016, ficarão prontas somente no final de 2017”, comenta, lembrando que a prefeitura adquiriu o terreno para a construção ainda em 2013, no valor de R$438 mil. “A Prefeitura doará o terreno à CDHU e não será cobrado dos futuros moradores, ou seja, os terrenos serão de graça.”

Qual sua opinião? Deixe um comentário: