Crianças discutem questão ambiental em novo encontro em Rio Claro

91
Rio Claro realiza nesta quinta-feira (14) a segunda etapa do Encontro dos Agentes Ambientais Mirins promovido pela prefeitura, através das secretarias da Educação e Meio Ambiente. A atividade irá reunir cerca de 250 alunos de 11 escolas de ensino fundamental da rede municipal de ensino.

O evento será realizado no auditório do Núcleo Administrativo Municipal (NAM), das 8h30 às 10h30 e das 14h30 às 16h30. As propostas discutidas e aprovadas pelas crianças serão entregues ao prefeito João Teixeira Junior, o Juninho da Padaria, em encontro agendado para a manhã de sexta-feira (15), no paço municipal.

Na semana passada foi realizado o primeiro encontro, dando início às ações do projeto Junho Verde Azul. O evento reuniu aproximadamente 400 alunos de 11 escolas municipais que, somados com o segundo encontro, totalizam cerca de 650 estudantes de 22 escolas.

“As crianças são muito participativas e demonstram muito interesse em propor ideias para melhorar as questões ambientais do município”, destaca o secretário municipal da Educação, Adriano Moreira.

Para o secretário de Meio Ambiente, Ricardo Gobbi, a iniciativa integra interesses em prol de melhorias nas questões ambientais do município. “É uma interação entre o poder público e as crianças. Temos recebido ótimas ideias, sendo uma ação muito proveitosa”, observa Gobbi.

 

O projeto Junho Verde Azul consiste em 15 atividades que serão realizadas ao longo do mês. A ideia é intensificar as ações ambientais através da realização de palestras, plantios, feiras de trocas e outras atividades que contribuam para a construção de propostas com fins ambientais buscando melhor qualidade de vida para todos.

O evento é realizado pela prefeitura com apoio da BRK Ambiental, do Grupo Komedi, Unesp (Universidade Estadual Paulista), Shopping Rio Claro, Grupo Palhaços Espaguetes e Covabra Supermercados. Mais informações pelo e-mail  [email protected].

A realização do Junho Verde Azul é mais uma ação que faz parte das diretivas do “Programa Município Verde Azul”, iniciativa do governo estadual que pontua investimentos ambientais feitos pelos municípios. As cidades que atingirem a pontuação necessária obtêm o certificado e garantem prioridade na captação de recursos do Fundo Estadual de Prevenção e Controle da Poluição (Fecop).

DEIXE UMA RESPOSTA