Crescimento da frota de veículos em RC demanda mais vagas de estacionamento

52

Ednéia Silva

Muito se fala sobre o crescimento da frota de veículos em Rio Claro, que já ultrapassa as 166 mil unidades. Esse aumento traz benefícios, mas também problemas, como a falta de vagas de estacionamento no Centro da cidade. Em horário comercial, a disputa é grande. A dificuldade em estacionar leva os motoristas a cobrarem da prefeitura a ampliação no número de vagas.

De acordo com a Secretaria Municipal de Mobilidade Urbana e Sistema Viário, Rio Claro tem uma população de quase 200 mil habitantes e uma frota de 166.052 veículos, o que dá quase um carro por habitante, uma das maiores frotas do país.

“Por isso, os estudos e análises para ampliação das vagas de estacionamento nas vias públicas são constantes. Nos últimos anos, a Área Azul do município ganhou 50 novas vagas, chegando hoje a 950”, explica a pasta.

Veículos trafegam pela Rua 3 na região central de Rio Claro. Prefeitura estuda criar mais vagas de estacionamento
Veículos trafegam pela Rua 3 na região central de Rio Claro. Prefeitura estuda criar mais vagas de estacionamento

A secretaria informa que as novas vagas foram implantadas da Avenida 5 até a Avenida 9 e na Av. 7 entre as ruas 5 e 7. “Somente aí proporcionam-se cerca de 400 metros de novas vagas”, destaca. Mesmo assim, muitas vezes a demanda é maior que a oferta, visto que a cidade não para de crescer. Por conta disso, a Secretaria de Mobilidade Urbana e Sistema Viário analisa a possibilidade de estender a Área Azul no lado ímpar da região central.

“O mesmo empenho vale para as motos, que foram transferidas para as avenidas, o que possibilitou ampliar as vagas e liberar espaço nas ruas centrais, ajudando na fluidez do trânsito nessa região”, ressalta. “Outras ações recentes da prefeitura no Centro incluem a criação de vagas de curta duração em trechos da Rua 1 até a Rua 9 e da Avenida 14 até a Avenida 9, área onde é permitido estacionar somente do lado esquerdo das vias”, acrescenta.

De acordo com a secretaria, essa medida teve como objetivo liberar o fluxo simultâneo para dois veículos, reduzindo os congestionamentos, principalmente nos horários de pico.

>>> JC Magazine: uma cidade sobre rodas; confira vídeo

Além das vagas de estacionamento nas vias públicas, existem os estacionamentos particulares que podem ser utilizados pelos condutores. Nos últimos anos o número desse tipo de estabelecimento cresceu na região central com abertura de novas unidades. A prefeitura não informou o total de estacionamentos na cidade.

Na região central ainda existem as vagas de estacionamento reservadas para as motos, que giram em torno de 650 e também são muito disputadas. As motocicletas não pagam Área Azul, que funciona de segunda a sexta-feira, das 9 às 18h30, e aos sábados, das 9 às 13 horas. O valor da tarifa é de R$ 0,75 por 30 minutos, R$ 1,50 por uma hora, R$ 2,00 por 1h30 e R$ 2,25 por duas horas.

Qual sua opinião? Deixe um comentário: